Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

20/11/2012 - TEK Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude na Autonomy agrava perdas da HP


As receitas da Hewlett-Packard caíram 7% no quarto trimestre fiscal de 2012, que terminou a 31 de outubro, em comparação com igual período do ano passado. As receitas foram de 30 mil milhões de dólares, mas o trimestre da HP ficou marcado por outros maus resultados financeiros.

A área dos PC/portáteis teve uma perda de 12% relativamente a 2011, enquanto a área da impressão caiu 7%. Em termos globais, o total de "unidades de hardware" vendidas caiu 20% no espaço de um ano. Os únicos ganhos registados foram na área de software, num crescimento de 14%, mas o pouco peso dentro da economia da HP não chegou para inverter os resultados negativos.

A empresa norte-americana teve um prejuízo de 6,9 mil milhões de dólares entre agosto e outubro deste ano, muito por causa da "despesa" de 8,8 milhões de dólares que a tecnológica herdou com a compra da Autonomy. A HP revelou que a empresa apresentava "fortes irregularidades contabilísticas, falhas de divulgação de resultados e deturpações financeiras". "Sentimo-nos terríveis por este negócio", contou aos investidores Meg Whitman, diretora executiva da HP.

A compra da Autonomy é a maior aquisição da história da HP, num negócio de 10,6 mil milhões de dólares e foi consumada ainda antes da nova CEO tomar a liderança da empresa. Na opinião de Meg Whitman os dois antigos diretores executivos da HP deviam ser responsabilizados por este incidente económico. O próximo passo é nomear uma equipa para resolver a situação da Autonomy, tendo em vista já o próximo trimestre fiscal. Entretanto a HP já denunciou o caso às autoridades financeiras dos EUA.

A Hewlett-Packard ficou assim muito abaixo das expetativas dos investidores que esperavam um lucro de 2,2 mil milhões de dólares e receitas de 30,4 mil milhões de dólares. Caso a fraude da Autonomy não tivesse acontecido, a HP falharia por muito pouco as estimativas do mercado.

2012: "o fim do mundo" da HP não era uma profecia

Com a divulgação dos resultados financeiros do último trimestre fiscal de 2012, a HP apresentou o balanço final de todo o ano fiscal. As receitas foram de 120,4 mil milhões de dólares, uma queda de 5% relativamente aos 127,2 mil milhões de dólares registados em 2011.

Entre outubro do ano passado e outubro deste ano os prejuízos da empresa norte-americana foram de 12,7 mil milhões de dólares, uma diferença considerável para os 7,1 mil milhões de dólares de lucro registados no ano anterior.

Para inverter os resultados negativos registados a HP anunciou durante 2012 grandes alterações na estrutura da empresa. Ao todo vão ser eliminados 27 mil postos de trabalho nos próximos trimestres, tendo em vista a redução de despesa, para que a empresa possa voltar a apresentar resultados positivos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 103 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal