Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

05/11/2012 - Correio da Bahia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Um em cada quatro brasileiros praticam corrupção; Conheça os dez atos mais comuns

Uma lista com dez atitudes consideradas comuns, mostra que 23% dos brasileiros praticam atos ilícitos no cotidiano.

Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pelo Instituto Vox Populi apontou que cerca de 23% dos brasileiros, ou seja, um em cada quatro, não vê como corrupção o ato de dar dinheiro a um guarda de trânsito para evitar o recebimento de uma multa.

Para os especialistas, a corrupção no dia a dia é resultado do que acontece dentro da política do país. Os resultados mostram o quanto atos ilícitos são vistos como atitudes comuns, como por exemplo, sonegar impostos quanto a cobrança é muito alta é visto como algo errado para 35% dos entrevistados, mas não como corrupção.

Uma campanha do Ministério Público 'O que você tem a ver com a corrupção', visa esclarecer como algumas atitudes consideradas normais são, na verdade, falta de ética da população. De acordo com informações da BBC Brasil, uma lista com dez atitudes ilícitas praticadas no cotidiano, são consideradas como atos de corrupção.

Veja a lista

1- Não dar nota fiscal
2- Não declarar Imposto de Renda
3- Tentar subornar o guarda para evitar multas
4- Falsificar carteirinha de estudante
5- Dar/aceitar troco errado
6- Roubar TV a cabo
7- Furar fila
8- Comprar produtos falsificados
9- No trabalho, bater ponto pelo colega
10-Falsificar assinaturas

Segundo o Ministério Público, esses tipos de atitudes comprometem a prestação de serviços públicos e atrapalham no desenvolvimento econômico e social do país, prejudicando a qualidade de vida no futuro.

Porém, a pesquisa apontou que 84% dos entrevistados afirmam ser honestos em qualquer situação, o que para os especialistas na área de anti-corrupção é um dado bastante animador, principalmente por conta da explosão das redes sociais em que os jovens estão bem mais expostos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 109 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal