Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

11/10/2012 - Jornal Agora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Serasa alerta sobre prevenção a fraudes


Nesta sexta, 12, é feriado de Nossa Senhora Aparecida, e também é comemorado o Dia das Crianças. Na época, em que acontecem os feriados é comum o aumento do fluxo de pessoas nos centros comerciais em todo o Brasil. Para os comerciantes, é o momento de ampliar as vendas, entretanto os especialistas antifraudes da Serasa Experian, alertam para que o comerciante e o consumidor tenham cuidado para não sofrerem perdas devido às fraudes.

O consumidor deve ficar alerta quando se trata da perda de documentos. Qualquer pessoa que tiver um documento roubado ou perdido no final de semana prolongado pelo feriado de 12 de outubro, além de fazer um Boletim de Ocorrência (B.O), deve registrar gratuitamente um alerta no Serviço de Documentos Roubados da Serasa Experian.

O objetivo é a prevenção, pois isso deixa todos os documentos bloqueados, evitando que eles sejam utilizados por golpistas. Segundo levantamentos da empresa, o risco de ser vítima de fraude é dobrado para o consumidor que tem seus documentos extraviados. O registro do extravio de folhas de cheques e documentos, como identidade, carteira de trabalho, CPF, carteira de habilitação e título de eleitor, pode ser feito de maneira segura pela internet, no endereço www.serasaconsumidor.com.br/gratuito_roubados.html, ou pelo telefone da Central de Atendimento ao Consumidor, no número (11) 3373.7272, que funciona todos os dias, das 8h às 21h.

O comerciante também precisa se proteger, pois é nesse ambiente que aumentam as probabilidades de prejuízos com fraudes. O golpe mais comum aplicado no comércio é o roubo de identidade, ou seja, quando a pessoa que está fazendo a compra se passa por dono do documento ou por titular das informações apresentadas. Algumas atitudes podem ajudar uma empresa a reduzir consideravelmente os riscos de se tornar vítima de golpistas, como a simples prática de fazer a conferência da foto do documento de identificação com a pessoa que se apresenta no estabelecimento e a verificação da consistência dos dados informados. A ação de golpistas e pessoas mal-intencionadas é rápida e pode causar muitos transtornos ao comércio e à população.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 68 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal