Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

27/10/2012 - TechTudo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Rapaz inventa que é blogueiro paraplégico; entenda essa fraude

Por: Raquel Freire


Há alguns dias, o portal "The Chive" desmascarou uma das grandes farsas da Internet dos últimos tempos. Trata-se do blog "Dave on Wheels", que narrava a saga de David Rose, um inventado jovem de 24 anos paraplégico e com surdez profunda que virou sensação na web por postar frases inspiradoras e cheias de senso de humor. A página do garoto, assim como seu perfil no Facebook e sua conta no Twitter foram retiradas do ar.

Para se ter uma ideia da repercussão do caso, basta saber que, antes de a mentira vir à tona, a comovente história de superação do blogueiro já tinha sido veiculada por uma série de agências de notícias internacionais, como "Daily Mail", "ABC News" e "Radar Online", além de ter sido compartilhada entre centenas de sites e blogs.

Tudo começou quando algumas pessoas influentes passaram a segui-lo no Twitter, fazendo com que sua conta crescesse de oito para 800 seguidores em apenas uma semana. Várias celebridades, como a socialite Kim Kardashian, retuitaram as mensagens do rapaz. Foi então que o "The Chive" publicou, no dia 8 deste mês, os posts mais populares de David. Em apenas algumas horas, seu perfil atraiu milhares de followers.

Ironicamente, a popularidade dele foi o que gerou sua ruína. Vendo a dimensão que a trama tinha tomado, David anunciou, no próprio dia 8, que não estava se sentindo bem. Sua “irmã”, Nichole Rose, usou seu perfil no microblog para contar que o rapaz havia entrado em coma na terça-feira (9/10). Já na sexta-feira, dia 12, ela veio a público comunicar o falecimento do irmão e foi então que as farsas começaram a desmoronar. Sarah Hill, uma das amigas virtuais mais próximas do garoto, reservou um voo para Los Angeles para ir ao seu funeral. Lá, ela foi recebida por John Resig, um dos cofundadores do "The Chive", quem publicou os posts de David no portal e que também mantinha contato com o jovem.

John levou Sarah para a casa de Erin Willett, outra amiga de David, também profundamente abalada com sua morte. Quando chegaram, Erin mostrou o e-mail da amiga Kristi-Anne, que contestava alguns pontos da história. Em primeiro lugar, ela levantava a questão de como uma pessoa que suportamente usava um computador Tobii, que capta os movimentos dos olhos através de luz infravermelha e permite digitar apenas quatro palavras por minuto, mantinha um ritmo de postagens tão alto, respondendo os internautas rapidamente.

Além disso, ela linkou um artigo, publicado em 2010, no qual havia uma foto de David. O texto, porém, contava a história de um homem com paralisia cerebral chamado Hunter Dunn. As suspeitas só aumentaram quando Nichole Rose, a irmã, mandou uma DM para as duas dando uma desculpa fraca para não vê-las. A essa altura já muito desconfiado, John procurou pelo atestado de óbito de David, mas não conseguiu encontrar.

Por fim, no dia 15, segunda-feira, Kristi-Anne postou em seu blog a farsa do blogueiro paraplégico. Logo depois, uma pessoa entrou nos comentários e se identificou como Nichole Rose, confessando todo o embuste.

No trecho selecionado, Nichole – que também pode ser uma invenção –, diz que não tinha intenção de ficar famosa e que tudo aconteceu de forma muito rápida e inesperada. A moça admite que mantinha a farsa desde 2007, mas faz questão de salientar que até pouco tempo tinha apenas alguns amigos online. Ela explica ainda que David era apenas um personagem, uma parte de sua psique, que tinha por objetivo inspirar as pessoas a amar e viver uma vida melhor. Em outros momentos, ela pede desculpas e se diz envergonhada por tudo o que ocorreu.

John, do "The Chive", acredita que todos foram devastados pelo labirinto de mentiras. “No final, essa história se desenrolou mais como um filme de Hollywood do que como a vida real. Aqui, no The Chive, muitas vezes postamos histórias engraçadas e inspiradoras. Nunca nos ocorreu que alguém com grande presença estabelecida na Internet, de fato, estaria se mascarando como uma pessoa surda e deficiente física. Parece absurdo acreditar que alguém iria tão longe como uma morte falsa”, escreveu.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 84 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal