Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

10/10/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso acusado de falsificar documentos em Rio das Ostras, RJ

Por: Carolina Burgos

O acusado queria realizar evento de Axé na Praia da Costa Azul. Entre as falsificações estariam as assinaturas dos Bombeiros, PM e Civil.

Preso em Rio das Ostras, Região dos Lagos do Rio, um homem acusado de ser falsificador de registro “Nada a opor”, exigidos para liberação de eventos. De acordo com a Polícia Militar, o acusado, que não teve o nome revelado, teria falsificado documentos para realização do evento “PrimaVerão Axé Folia”, que aconteceria neste domingo (14), na orla da Praia Costa Azul, na cidade de Rio das Ostras, forjando assinatura do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Civil.

Há algumas semanas a polícia vem investigando falsificadores na cidade e municípios vizinhos. Eles são acusados de cobrar de promotores de eventos o valor de R$ 200 por assinatura para expedir o documento falso, o que totalizaria em R$ 600 por cada festa.

De acordo com o Secretário de Turismo do município de Rio das Ostras, Elvis Minguta, um funcionário do setor responsável pela legalização de eventos desconfiou a demora para entrega da documentação exigida. “Passaram vários dias para eles entregarem, quando o responsável apresentou, só tinha uma cópia e não havia a original. O nosso funcionário ligou para o Corpo de Bombeiros para verificar a ocorrência e as informações estavam desencontradas, foi quando foi confirmada a fraude”, contou.

O Comandante do 32º Batalhão de Polícia Militar, Ramiro Campos, confirmou a falsificação da sua assinatura na noite de terça-feira (09) e acionou a equipe da polícia para buscar os criminosos.

Segundo o Secretário de Turismo, os funcionários da Prefeitura solicitaram ao acusado que trouxesse até a Secretaria a documentação original. Quando ele chegou ao local sem nada nas mãos a Polícia já estaria aguardando.

Uma segunda pessoa, que é suspeita de também cometer o crime, está sendo procurada.

De acordo com a Polícia Militar, o acusado foi encaminhado à 128ª Delegacia de Rio das Ostras.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 150 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal