Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

16/10/2012 - PT Jornal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PJ trava rede que comprava iPhones e iPads pela net com cheques falsos

Por: António Henriques


Três pessoas foram detidas pela Polícia Judiciária (PJ), por suspeita da prática de crimes de burla e falsificação. O grupo comprava aparelhos de valor elevado, através da Internet, com uso de cheques falsificados. PJ suspeita que a burla atinja os 100 mil euros.

A Polícia Judiciária travou uma rede que se dedicava à compra de aparelhos pela Internet com recurso a cheques falsificados, na zona de Águeda. As autoridades procederam à detenção de três pessoas, suspeitas da prática do crime de falsificação e burla.

Esta rede procedia à encomenda de iPhones e iPads através de diversos sites. Os aparelhos eram pagos com cheques falsos, cada um dos quais de valor que ronda os 700 euros.

Já com os aparelhos na sua posse, o grupo procedia à revenda, também de forma ilegal, no mercado africano, sobretudo, de acordo com as suspeitas que resultam de uma investigação da PJ.

O valor total desta burla deverá superar os 100 mil euros. Os suspeitos terão feito centenas de encomendas, com igual número de cheques falsificados. Diversas lojas online acabaram por ser vítimas destes crimes.

Segundo a PJ, estas práticas terão decorrido desde o mês de julho. Os três suspeitos que foram detidos têm idades que rondam os 25 e os 30 anos. Dois dos detidos estão desempregados e nenhum dos três possui antecedentes criminais.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 102 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal