Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

23/10/2012 - Público.pt - Última Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PJ apreendeu dez milhões de cigarros contrabandeados

Por: Mariana Oliveira

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta terça-feira que apreendeu dez milhões de cigarros contrabandeados no valor de mais de dois milhões de euros, tendo detido na operação cinco suspeitos em flagrante delito. A mercadoria, transportada em contentores, estava dissimulada como roupa.

A operação Ilhéu foi realizada ontem pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ, no âmbito de inquérito que corre no Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa. Os detidos, três portugueses e dois espanhóis com idades entre os 47 e os 59 anos, estão indiciados pela prática dos crimes de associação criminosa e contrabando qualificado.

“No momento da detenção, foi possível proceder à apreensão de, aproximadamente, dez milhões de cigarros de contrabando, de valor sempre superior a dois milhões de euros, a que corresponde uma prestação tributária em falta que ascende a cerca de um milhão e seiscentos mil euros”, avalia a polícia num comunicado.

As autoridades consideram provável que os maços de cigarros se destinassem ao mercado britânico, já que as indicações de teor e de saúde estão inscritas em língua inglesa. Foi ainda apreendida a viatura pesada de mercadorias e o semi-reboque utilizados no transporte do contentor, que chegou a Portugal por via marítima, três veículos ligeiros de passageiros e cerca de 20 mil euros em dinheiro.

Os detidos começam hoje a ser ouvidos por um juiz de instrução, que irá aplicar as medidas de coacção.

Segundo a PJ esta é a quarta grande apreensão de cigarros efectuada por aquela polícia este ano no âmbito de inquéritos do DIAP de Lisboa. No total foram apreendidos, sensivelmente, 40 milhões de cigarros, de diferentes marcas, provenientes do Médio e do Extremo Oriente, de mais de oito milhões de euros. A este tabaco corresponde um imposto em falta de sete milhões de euros.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 164 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal