Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

23/10/2012 - Tribuna Hoje Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Idoso é preso em flagrante por aplicar golpes pelo Facebook

Homem de 74 anos realizava falsas propostas de venda de um celular.

Policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) prenderam nesta terça-feira (23) um idoso que praticava golpes pela internet, por meio de uma proposta de venda de um telefone celular modelo iPhone 4, ofertado via Facebook. Segundo a polícia, o homem foi flagrado sacando o dinheiro do golpe em uma agência bancária na Rua Marquês de Pombal, no Centro do Rio de Janeiro.

“O estelionatário age sempre da mesma forma, oferecendo uma vantagem acima do normal. Neste caso, eram oferecidos celulares por preços muito abaixo do mercado”, ressaltou o delegado Gilson Perdigão, titular da DRCI. “Um iPhone 4, que tem um preço de mercado de cerca de R$ 1,8 mil, eles vendiam por R$ 1,1 mil”, complementou.

Procurado pelo G1, o Facebook disse que não comenta casos específicos. De acordo com o delegado, Manuel Severino da Silva, de 74 anos, agia em companhia de uma mulher identificada como Tânia Aparecida Ventura da Silva, 25 anos, que reside em São Paulo. Ela era responsável por aliciar clientes no site de relacionamento e, após concluída a negociação, encaminhava a quantia recebida para a conta do idoso, que depois repassava parte desse valor para Tânia.

Manuel foi preso em flagrante por tentativa de estelionato. Segundo o delegado, Tânia, que também vai ser indiciada por esse crime, está envolvida em outros delitos semelhantes.

Cuidados

“O consumidor deve sempre desconfiar de ofertas fora da realidade de mercado, pois podem acabar se tornando vítimas desses estelionatários”, alerta Perdigão. “É importante que todos que foram lesados prestem queixa em qualquer delegacia. Não é preciso necessariamente vir à DRCI. Muita gente acaba deixando de lado já que às vezes o valor lesado é pouco.”

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 119 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal