Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/10/2012 - MSN / Agência Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Condenado operador por fraude de 4,9 bi

Por: Andrei Netto

O operador Jérôme Kerviel, negociador do banco francês Société Générale acusado de provocar perdas de € 4,9 bilhões.

O operador Jérôme Kerviel, negociador do banco francês Société Générale acusado de provocar perdas de € 4,9 bilhões para a instituição com operações fraudulentas descobertas em janeiro de 2008, foi condenado ontem pela Justiça da França a cinco anos de prisão, dos quais três em regime fechado. Além disso, em uma pena simbólica, ele será obrigado a reembolsar o prejuízo com juros e correção.

Na prática, os magistrados acataram a tese dos advogados do banco, que sustentavam que as decisões do operador haviam sido tomadas sem o conhecimento de sua hierarquia. Kerviel e seus defensores afirmavam que seria impossível negociar € 50 bilhões ao longo dos anos que trabalhou no banco sem o conhecimento dos superiores. "É improvável que, segundo a teoria da defesa, o Société Générale visualizasse passo a passo as posições assumidas por Jérôme Kerviel", diz a sentença da Justiça. "Em nenhum momento a hierarquia de Kerviel foi informada ou teve conhecimento de suas decisões."

Afastado do mundo das finanças, Kerviel se transformou na Europa em uma espécie de símbolo da irresponsabilidade que teria levado o sistema financeiro internacional à crise com a quebra do banco Lehman Brothers, em setembro do mesmo ano. À noite, os advogados do operador anunciaram que vão recorrer da sentença. A decisão final deve sair em cerca de 18 meses.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 81 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal