Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/10/2012 - Teletime Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Tanure acusa TIM de fraude em balanço


A TIM Brasil foi denunciada junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e pelo seu equivalente nos EUA, a Security Exchange Comission (SEC), de haver fraudado seu balanço durante a gestão de seu ex-presidente Luca Luciani. A acusação partiu da JVCO Participações, uma acionista minoritária controlada pelo empresário Nelson Tanure.

A denúncia da JVCO é de que a TIM reduziu perigosamente as provisões para dívidas tributárias durante a gestão de Luciani, inflando artificialmente o lucro da companhia. Em 2009, quando o executivo assumiu a presidência da operadora, as provisões equivaliam a 10,65% das dívidas. Em 2010, o percentual baixou para 6%. E finalmente, em 2011, a TIM proveio apenas R$ 126,53 milhões para essa finalidade, o que representava 2% do total da dívida, estimada em R$ 6,6 bilhões. Não fosse por isso, a empresa teria registrado prejuízo e não lucro de R$ 1,281 bilhão no exercício de 2011 (dos quais R$ 533 milhões foram distribuídos a acionistas na forma de dividendos), afirma a JVCO em comunicado à imprensa.

Gestão

A JVCO acusa também a TIM de desrespeitar o regulamento do Novo Mercado por ter seu conselho de administração, diretoria e alta gestão indicados por sua controladora, a Telecom Italia. E solicita uma auditoria específica sobre a suposta fraude, “a ser realizada por empresa especializada, distinta da atual e sem vínculos com a Telecom Italia, de forma a evidenciar o correto dimensionamento das provisões, especialmente aquelas de natureza tributária”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 74 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal