Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

03/10/2012 - Portal Terra Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

GO: preso empresário acusado de fraudes de R$ 22 milhões


Investigado desde janeiro deste ano, o empresário Élio Luiz Delollo Júnior foi preso na última segunda-feira em Goiânia por provocar um rombo de mais de R$ 22 milhões em bancos da capital. Também foi decretada a prisão do irmão de Élio, Ênio Luiz Delollo, que ainda não foi localizado. As informações são da Polícia Civil.

"Ele (o irmão) também participava dos golpes. Suspeitamos que ele esteja em São Paulo", disse, em entrevista coletiva, o delegado Manoel Borges de Oliveira, do 4º Distrito Policial (DP), que investiga o caso.

Além dos dois, outras cinco pessoas que participaram direta ou indiretamente dos golpes estão sendo investigadas. Edson de Lima Janeri, João Paulo Rodrigues Júnior, Ana Leida Oliveira Rodrigues, Adailsa Maria Ribeiro e Vandeir Sebastião Vieira podem ser detidos a qualquer momento.

Manoel Borges explicou que Ênio e Élio, proprietários da empresa Flex Filmes Indústria e Comércio Ltda em Goiânia, fizeram altos empréstimos em vários bancos da capital quando a empresa começou a apresentar problemas financeiros. Entre as instituições bancárias que mais ficaram no prejuízo está o Banco Indusval. "Com ajuda de outras pessoas, os irmãos fizeram um empréstimo inicial de R$ 3 milhões e deram como garantia algumas terras de um município do Tocantins", explica.

Segundo a polícia, as escrituras dessas terras eram falsas e o empresário nunca pagou os empréstimos. De acordo com cálculos da Polícia Civil, somados todos os empréstimos, o prejuízo ultrapassa R$ 22 milhões.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 239 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal