Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

02/10/2012 - Jornal de Negócios Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

JPMorgan acusado de fraude com títulos hipotecários

Procurador-geral de Nova Iorque conclui que o Bear Stearns, banco adquirido pelo JPMorgan, enganou os clientes, gerando perdas monumentais com os investimentos que estes fizeram com títulos hipotecários.

O JPMorgan foi acusado esta segunda-feira, pelo Procurador-geral de Nova Iorque, de práticas fraudulentas com títulos hipotecários (mortage-backed securities).

O caso remonta a 2006 e 2007 e envolve o Bear Stearns, banco entretanto adquirido pelo JPMorgan. Eric Schneiderman acusa agora o maior banco norte-americano de ter enganado os seus clientes acerca dos créditos hipotecários que serviam de activo aos títulos que o Bear Stearns lhes vendia.

Segundo a acusação que deu entrada em tribunal, o Procurador-geral de Nova Iorque defende que o banco, com esta prática fraudulenta, gerou “perdas monumentais” aos seus clientes.

“Os acusados, de forma sistemática, falharam em avaliar de forma correcta os empréstimos, ignorando largamente os defeitos que a sua revisão limitada escondiam, mantendo os clientes às escuras acerca da inadequação dos seus procedimentos”, refere a acusação.

De acordo com os dados citados pela Bloomberg, estes títulos tinham uma avaliação original de 87 mil milhões de dólares e geraram perdas de 22,5 mil milhões de dólares a quem neles investiu.

O JPMorgan já reagiu, afirmando que vai contestar a acusação e lamentando não ter tido a oportunidade de se defender num caso que tem a ver “unicamente” com a conduta do Bear Stearns numa altura em que este ainda não integrava o banco.

De acordo com o Wall Street Journal, este é a primeira acusação realizada pelo grupo de trabalho criado por Obama para investigar a actuação da banca antes da crise financeira, sendo de esperar que mais casos sejam revelados em breve.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 186 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal