Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

30/09/2012 - Agência Pará de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falsários são presos em flagrante com notas falsas em Rurópolis

Por: Walrimar Santos


Policiais militares apresentaram ao delegado Ariosnaldo da Silva Vital Filho, titular da Delegacia de Rurópolis, no sudoeste do Pará, Jefferson Sousa Paiva, Zaqueu Gonzaga Rodrigues e Maria Eunice Ferreira do Nascimento, que foram flagrados aplicando golpes na cidade usando cédulas falsificadas para fazer compras em comércios nos municípios de Placas e Rurópolis.

O policial militar Jodiel Farias de Siqueira relatou que estava de plantão quando, por volta de 20h30 de sábado (29), foi informado que três pessoas estavam em um carro em situação suspeita. Eles teriam comprado bebida num comércio localizado na Comunidade do Lote 10, zona rural de Placas. Depois, seguiram para Rurópolis, onde a PM fez buscas e abordou o veículo com as três pessoas. Com elas, foram encontradas cédulas falsificadas.

O fato foi imediatamente comunicado ao delegado, que lavrou auto de prisão em flagrante contra o trio. Ele solicitou a peritos de instituições bancárias locais que fizessem exame técnico de cor, formato, textura e características para configuração do crime. Após o laudo, as cédulas serão encaminhadas ao Centro de Perícias de Santarém, no oeste paraense.

Durante o interrogatório, Jefferson Paiva admitiu o crime. Natural de Imperatriz (MA), ele contou que conheceu Zaqueu e Maria Eunice, há muito tempo, no Maranhão. Juntos, eles chegaram ao Pará. Segundo ele, Zaqueu é responsável em entregar as cédulas de R$ 100 para Paiva, que, por sua vez, ficava responsável em fazer compras e espalhar as cédulas pelos municípios maranhenses e paraenses. Ele afirmou não conhecer a origem das cédulas.

Segundo o delegado, após contabilidade feita pelo escrivão Ronivaldo Colares, foram apreendidos em poder do trio 33 cédulas de R$ 100 com características de falsificação; três cédulas de R$ 50; onze de R$ 20; oito de R$ 10; três cédulas de R$ 5; seis de R$ 2; seis moedas de R$ 1; cinco moedas de R$ 0,50; três de R$ 0,25 e uma moeda de R$ 0,10.

Também foram apreendidos com os presos um veículo Gol vermelho, placa HPE-3367; um relógio marca Atlantis modelo feminino dourado; um relógio marca Magnun masculino dourado; um relógio marca Tommy na cor dourada modelo masculino; uma corrente dourada medindo 64 centímetros, com um pingente em forma de ferradura com cabeça de cavalo; uma corrente dourada e metálica medindo aproximadamente 60 cm de comprimento com um crucifixo; um telefone celular marca ZTE na cor preta com chip; um telefone celular marca Samsung cor preta com um chip.

Os objetos permanecem apreendidos na unidade policial até posterior deliberação. Zaqueu Rodrigues, natural de Poção de Pedras (MA), negou ser dono das cédulas, que seriam de Jerffeson. Também não admitiu ter entregue o dinheiro para compras em comércios. Jerfferson teria vendido uma motocicleta pelo valor de R$ 3,5 mil.

Maria Eunice, que é de Imperatriz, afirmou não saber de nada. O mesmo disse o marido dela, Zaqueu. Jefferson e Zaqueu estão presos na carceragem da delegacia à disposição da Justiça. Maria Eunice foi conduzida pelo investigador Hércules dos Santos Araújo e policiais militares logo em seguida para carceragem da Seccional de Itaituba.

A Polícia Civil ainda descobriu que Jefferson já foi preso, no ano de 2005, por homicídio. Zaqueu esteve preso em 2006 por crime de roubo e estelionato no Estado do Maranhão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 273 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal