Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

28/09/2012 - Correio da Bahia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Grupo abriu 20 empresas em quatro anos para sonegar impostos

Cinco pessoas foram presas e três veículos apreendidos durante operação.

A Polícia Civil divulgou na tarde desta sexta-feira (28) os nomes das quatro pessoas presas na operação “Faro Fino”. O grupo era liderado por Neverton Oliveira Alves, empresário do ramo alimentício, que foi localizado na residência da namorada, no Candeal, no início da manhã.

O esquema consistia na criação de empresas em nome de “laranjas”, com objetivo de driblar o fisco. Nos últimos quatro anos, Neverton abriu 20 empresas, acumulando uma dívida fiscal estimada em R$ 20 milhões, segundo a polícia.

Atualmente, ele mantinha em funcionamento a empresa Macan Comércio Atacadista de Alimentos, que possui três galpões para armazenamento de cereais, enlatados e outros gêneros alimentícios em Porto Seco Pirajá. Os produtos abasteciam pequenos comerciantes em diversos bairros de Salvador.

A operação também prendeu Samuel Moreira Pimentel, responsável pelo aliciamento dos “laranjas” em troca de vantagens financeiras, Gésica Conceição de Matos Azevedo, Cátia Maria Ribeiro dos Santos e Jacira Ferreira de Siqueira - contadora da quadrilha.

Foram cumpridos cinco mandados de prisão temporária e oito de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Crime, em residências e estabelecimentos comerciais nos bairros de Brotas, Alphavile, Cajazeiras, Vila Laura, Bonfim e Pituba.

Documentos fiscais, computadores, impressoras, celulares, um Space Fox, de placa NYU-5074, um Camaro de placa NZE-3333 e uma Picape Toyota, de placa NZX-8080, foram apreendidos durante a operação. Neverton é apontado como dono de um apartamento em Alphavile e dos três veículos.

Três mandados de prisão, ainda em aberto, deverão ser cumpridos nas próximas horas. Neverton e Samuel ficarão custodiados na Polinter, no Complexo Policial dos Barris, e as três mulheres na carceragem da Dercca, em Brotas. Os cincos serão indiciados por sonegação fiscal, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

A operação é resultado de uma força-tarefa formada pela Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), Secretaria da Segurança Pública (SSP), através da Delegacia de Crimes Econômicos e Contra o Patrimônio (Dececap), e pelo Ministério Público Estadual.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 182 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal