Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

27/09/2012 - InfoMoney Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ex-operador sênior do Credit Suisse é preso em caso de subprime

Por: Lara Rizério

Serageldin é acusado de falsificação de registros, conspiração e fraude bancária; dois de seus ex-subordinados se declararam culpados.

SÃO PAULO - O ex-chefe global da estrutura de trading de crédito do Credit Suisse, Kareem Serageldin, foi preso em Londres na última quarta-feira (26). O ex-operador sênior do banco está envolvido em um caso de fraude ligado às avaliações de bônus de hipotecas subprime calculado em cerca US$ 5,35 bilhões.

Serageldin, que é cidadão norte-americano e vive no Reino Unido, foi acusado em fevereiro como mentor de um esquema de falsificação de obrigações de dívidas. O ex-operador foi levado em custódia fora do consulado dos EUA e as expectativas são de o procedimento para a extradição para os EUA sejam realizados o mais breve possível.

A acusação formal foi aberta em fevereiro, apontando Serageldin como responsável por falsificar de registros, conspirar para cometer escuta fraudulenta e fraude bancária. A acusação de conspiração carrega uma pena de prisão máxima de cinco anos em caso de condenação, enquanto as outras acusações podem resultar em uma pena de mais de 20 anos. O caso está sendo investigado por agentes do Federal Bureau of Investigation, em Nova York.

Vale ressaltar que, em fevereiro, dois de seus ex-subordinados, David Higgs e Salmaan Siddiqui, se declararam culpados no esquema de manipulação de preços. Higgs e Siddiqui disseram que manipularam as metas de lucro e as margens de perdas para cumprir as metas diárias e mensais e aumentar a remuneração de Seragledin. Em 2008, segundo alega o Credit, os três funcionários foram demitidos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 110 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal