Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

25/06/2012 - Público.pt - Última Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PJ detém dez pessoas por fraudes de compra e venda de medicamentos

Por: Mariana Oliveira

Fraude no Sistema Nacional de Saúde.

A Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da Polícia Judiciária deteve hoje dez pessoas ligadas à actividade médica e farmacêutica no âmbito de uma investigação de fraudes no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Até agora está apurado um prejuízo de 10 milhões de euros para o Estado, mas uma fonte da investigação admite que o esquema pode ter lesado o erário público em 50 milhões.

Dois dos detidos são médicos, ambos do Porto, e cinco são delegados de informação médica. A polícia deteve mais dois armazenistas e um outro elemento, considerado o oficial de ligação entre o grupo.

Os médicos emitiriam receitas de medicamentos comparticipados em nome de beneficiários do SNS sendo a sua venda simulada por farmácias, que dariam baixa dos remédios nos seus stocks. O Estado pagava a comparticipação e os fármacos eram reintroduzidos no mercado para serem exportados. Os medicamentos eram comparticipados quase na totalidade e alguns chegavam a custar 300 euros por caixa.

Em comunicado, a PJ diz que desencadeou a operação “Remédio Santo” para apurar a eventual prática dos crimes de falsificação de documentos, burla qualificada e corrupção. O inquérito é dirigido pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP).

Além das detenções, foi apreendido diverso material relacionado com a prática dos crimes e viaturas de gama alta que terão sido adquiridas com o lucros da fraude. Os detidos serão presentes ao juiz de instrução amanhã, terça-feira, para o primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coacção.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 62 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal