Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/10/2007 - Último Segundo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraudes afetam 33% das firmas que investem na China, diz estudo


Uma de cada quatro companhias de Hong Kong e 33% das firmas que investem na China sofreram perdas derivadas de fraude ou de outros crimes financeiros nos dois últimos anos, segundo revelou um estudo da Price Waterhouse Coopers (PWC).

Das 100 empresas de Hong Kong ouvidas pela agência de consultoria, 26% relataram que foram vítimas de delitos comerciais nos últimos dois anos, 4 pontos a mais que no estudo de 2005, segundo o jornal "South China Morning Post". A média de perdas foi calculada em US$ 618 mil, além dos US$ 60 mil em despesas legais, investigação e outros.

Um exemplo de fraude é o que prejudicou a empresa espanhola Iberconsumática. Seus diretores informaram à Efe que foi roubada por uma sócia chinesa, a Team World Far East Holdings, em US$ 42.060.

Foi esse o valor de uma encomenda não entregue pelo fornecedor chinês.

"As leis na China favorecem os chineses e não podemos fazer nada", disse Jone Chouza, diretor da empresa espanhola. A Efe tentou sem sucesso falar por telefone com a empresa chinesa. O seu site continua funcionando e vendendo seus produtos.

A enquete da PWC mostra que a corrupção se mantém como grande preocupação. Para 24% dos executivos, suas perdas se devem a subornos pagos pelos seus rivais.

Além da corrupção, o roubo de propriedade intelectual e de ativos e a fraude contábil são os principais delitos de que as empresas se queixam.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 315 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: Jone Chouza - 08/10/2010 13:04

Sobre a noticia de data 17/10/2007

Exmos Sres. Sou Jone Chouza, a pessoa que voce nombra na noticia.
Esta noticia da agencia EFE foi retirada inmediatamente porque näo era verdad.
Tenho todos os comprovativos disso.
Por tanto devem retirar isto de internet inmediatamente, si näo fora assim, entäo os abogados mediaram inmediatamente.
Obrigado.



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal