Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

05/08/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem é preso após ser flagrado tentando subornar PM em blitz na PB

Policial militar fez gravação para provar que sofreu tentativa de suborno. Crime de corrupção ativa é inafiançavel e homem está em Presídio.

Um homem foi preso na tarde do sábado (4) suspeito de tentar subornar policiais militares na cidade de Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba. O policial que realizava a blitz filmou com a câmera de um celular o momento em que o rapaz ofereceu dinheiro para ser liberado e acabou sendo preso em flagrante por corrupção ativa.

O caso aconteceu às 16h do sábado na rodovia estadual PB-323 no trecho entre as cidades de Catolé do Rocha e Brejo do Cruz, no Sertão do Estado. De acordo com a Polícia Militar, policiais estavam terminado uma blitz de rotina quando um menor de idade, que tem 16 anos, foi pego dirigindo um veículo. O tio dele vinha em um caminhão logo atrás e tentou negociar com os agentes.

O sargento Hinácio Gomes, que comandava a operação da PM, disse que informou que eles seriam conduzidos à delegacia para assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e que o carro seria liberado em seguida com o pagamento da multa prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Nesse momento, segundo o policial, o caminhoneiro ofereceu dinheiro para que o adolescente fosse liberado.

"Eu insisti dizendo que era uma ocorrência simples e que tudo se resolveria na forma da lei e que não teria muitos problemas para eles, mas o tio do menino continuou tentando me subornar. Não tive outra alternativa senão prendê-lo por corrupção ativa", explicou o sargento. Ele disse que fez o vídeo com o celular para provar a tentativa de suborno.

Na gravação, o suspeito aparece oferecendo R$ 100 ao PM, que aceita o dinheiro e dá voz de prisão, em seguida. O homem, que tem 43 anos de idade, está preso no Presídio Regional Manoel Gomes da Silva, em Catolé do Rocha. Também foram apreendidos R$ 2.090 que estavam com o suspeito. O sargento explicou que o dinheiro serve também como prova de que o preso tinha recurso para oferecer propina. O crime de corrupção ativa é inafiançável e o vídeo deve ser utilizado no inquérito e em um provável processo contra o suspeito.

Há quinze dias, o mesmo policial flagrou com a câmera do celular um homem tentando suborná-lo em uma blitz no mesmo local com R$ 50. O suspeito estava em um carro dirigido por um jovem com sinais de embriaguez. De acordo com o policial, ele continua preso. "O pessoal por aqui tem uma cultura de tentar resolver tudo através da conversa e da propina, mas o trabalho da PM na região está combatendo essa história", garantiu.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 85 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal