Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

14/09/2012 - Agência Pará de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Casal é preso em flagrante com cartões de crédito furtados

Por: Walrimar Santos


A equipe da Delegacia de Repressão a Crimes Tecnológicos (DRCT), da Polícia Civil, prendeu em flagrante, na tarde desta sexta-feira, 14, o casal Kelly Cristina da Silva Alves, 33 anos, e Mário Augusto Silva Lima, 36, com 20 cartões eletrônicos furtados e que vinham sendo usados para fazer compras. Também em poder da dupla foram encontrados um revólver calibre 38 com munição, telefones celulares, uma carteira de motorista falsa, diversos boletos para pagamento de compras, dois notebooks, um carro e uma moto. Ambos estão na condição de foragidos da Justiça do Pará.

O flagrante ocorreu depois de uma denúncia anônima feita ao serviço Disque-Denúncia. Os acusados foram presos em uma casa em Santa Izabel do Pará, Região Metropolitana de Belém. Kelly Cristina já tem passagens pela Polícia por crime de estelionato e prática de clonagem de cartões de crédito. Ela já esteve presa por quatro vezes, no Pará - três pela Polícia Civil e outra pela Polícia Federal. A acusada tem também outras duas prisões decretadas, por crime de receptação, nos Estados do Rio de Janeiro e Ceará. Já Mário é fugitivo da Colônia Agrícola “Heleno Fragoso”, do Complexo Penitenciário do Distrito de Americano.

Segundo a delegada Beatriz Silveira, titular da DRCT, Kelly já foi presa em outras duas ocasiões pela DRCO e pela DRCT. Em 2010, ela foi presa na operação “Ícaro”, que desarticulou um esquema de uso de cartões de crédito, após o desbloqueio destes para compras de passagens aéreas. No final do ano passado, ela foi resgatada por homens armados, enquanto era conduzida por agentes prisionais, para uma consulta dentária, em Ananindeua. Desde então estava foragida.

A acusada fugiu para os Estados do Ceará e, depois, para o Rio de Janeiro. Nos dois Estados, ela foi presa em flagrante por receptação. Atualmente, gozava de liberdade condicional decretada pela Justiça carioca. A delegada Beatriz Silveira autuou Kelly Cristina por estelionato e fraude documental. Já o comparsa dela vai responder também por posse ilegal de arma de fogo e munição, e uso e falsificação de documento público. Os documentos e objetos apreendidos foram encaminhados para perícia. Ambos já estão à disposição da Justiça, recolhidos no Sistema Penitenciário do Estado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 230 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal