Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/09/2012 - Diário de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Crescem 30% golpes com créditos consignados

Por: Fernando Granato

Procon registrou 1.290 casos no primeiro semestre. Golpistas recebem usando dados do aposentado.

Aumentaram mais de 30% as reclamações junto ao Procon-SP contra fraudes com empréstimos consignados. Esse tipo de empréstimo, que funciona desde dezembro de 2003, oferece juros mais baixos a aposentados e pensionistas do INSS e são descontados automaticamente da folha de pagamento. No primeiro semestre de 2011 foram registradas 937 queixas de golpes. No mesmo período deste ano, as reclamações somaram o número de 1.290.

A fraude mais comum é utilizar dados do aposentado para conseguir um empréstimo. O golpista consegue capturar os dados e recebe em nome do aposentado o valor liberado pelo banco. “Há cobrança de empréstimos não firmados pelo consumidor que, em muitos casos, só verifica a irregularidade quando recebe o holerite ou quando o seu benefício não é liberado integralmente”, disse o diretor executivo do Procon-SP, Paulo Arthur Góes.

Foi o que aconteceu com o aposentado Wanderley Frare. Quando recebeu o seu holerite, ele percebeu que existiam duas cobranças indevidas, uma no valor de R$ 131,72 e a outra de R$ 85,13. Os valores seriam descontados em 60 parcelas. “Fui ver o que era e se referiam a dois empréstimos consignados que eu não tinha feito”, disse. “Pedi os contratos no banco e eles não existiam.”

Por isso, o Procon aconselha que os aposentados evitem passar informações sobre seus documentos por telefone e não entreguem seu cartão de banco/beneficiário ou qualquer documento para desconhecidos ou terceiros – mesmo amigos ou parentes – que não um funcionário credenciado da instituição financeira.

“Além disso, caberia ao INSS checar com o aposentado cada empréstimo concedido em seu nome. Assim acabariam as fraudes”, disse Góes.

Em caso de golpe, o Procon recomenda que seja feito boletim de ocorrência e o aposentado procure o banco. “O banco é o responsável pelo ressarcimento”, disse o diretor do Procon.

Dicas para fazer empréstimo com desconto no holerite
A contratação não pode ser efetuada pelo telefone
A mensalidade não pode ultrapassar 30% do montante do benefício líquido

Prazo máximo de 60 meses
Na taxa máxima de juros já devem estar incluídos todos os custos da operação. Para saber qual a taxa máxima permitida, consulte o INSS

Não pode haver cobrança de TAC (Tarifa de Abertura de Crédito) ou qualquer outra cobrança na contratação

Os empréstimos só podem ser contratados no estado em que o aposentado ou pensionista reside e recebe o benefício

Verificar o impacto que o valor das parcelas vai causar no seu orçamento
Não entregar seu cartão de banco/beneficiário ou qualquer documento para desconhecidos ou terceiros (amigos, parentes etc.) que não um funcionário credenciado da instituição financeira

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 342 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal