Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/09/2012 - Infonet Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Saúde faz alerta para lote de medicamento falsificado

Remédio Bronxol Xarope Adulto foi falsificado como infantil.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Diretoria de Vigilância Sanitária, em cumprimento à orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), alerta a população sobre a falsificação do remédio Bronxol Xarope Adulto. O produto é fabricado pela Cifarma Científica Farmacêutica Ltda. e a mesma descobriu e denunciou a falsificação.

O medicamento destinado à pessoa adulta foi rotulado, pelos falsificadores, como medicamento infantil. “O lote falsificado foi apenas o 3EB03, com data de fabricação em 03/2012 e validade 03/2014. A orientação da ANVISA é para que o uso e a venda sejam suspensos imediatamente”, alertou Antônio de Pádua Pereira Pombo, diretor estadual de Vigilância Sanitária.

De acordo com o diretor de Vigilância Sanitária da SES, as crianças que usaram o medicamento falsificado correm risco de intoxicação. “Caso a criança apresente algum comportamento fisiológico diferente, é necessário que ela seja levada ao hospital imediatamente com a embalagem do medicamento e a bula. Os pais e responsáveis devem ler a bula para saber quais são os possíveis efeitos colaterais”, orientou.

Já a orientação para os donos de farmácia e farmacêuticos é que retirem o produto das prateleiras. “Se na farmácia houver o lote falsificado, eles devem ser separados dos demais medicamentos do estoque e devidamente identificados como impróprio para venda e consumo. A Vigilância Sanitária do município deve ser acionada para que recolha o produto”, disse Antônio de Pádua Pereira Pombo

A SES já fez o alerta para as Vigilâncias Sanitárias dos 75 municípios sergipanos e ao Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos de Sergipe. “Contamos com a colaboração de todos os profissionais farmacêuticos, donos de farmácia e cidadãos para que possamos diminuir o risco das consequências do uso desse medicamento falsificado”, disse Silvio Santos, secretário Estadual de Saúde.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 103 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal