Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/09/2012 - Gazeta de Alagoas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresário nega participação em fraude

Por: Carla Serqueira

INVESTIGAÇÃO. Notas fiscais de empresa podem ter sido fraudadas para facilitar contratação.

Diretor da Movaço, Miguel Amaral afirma que a empresa nunca participou de licitação na Prefeitura de Rio Largo. Ele disse que seus advogados já estudam meios de acionar na Justiça o Ministério Público Estadual. Miguel quer reparação aos danos causados à imagem da empresa, após o MP divulgar a notícia de que a Movaço teria sido beneficiada num esquema de licitações fraudadas comandado pelo prefeito afastado de Rio Largo, Toninho Lins.

A notícia está no site oficial do Ministério Público. Pela suspeita de corrupção, que teria desviado dos cofres públicos R$ 24,5 mil, o MPE pediu a prisão do prefeito.

“O Ministério Público jogou o nome da nossa empresa na lama. Nunca participamos de licitação em Rio Largo. Pegaram notas da Movaço e clonaram. Já registramos Boletim de Ocorrência na polícia. Queremos descobrir quem clonou os documentos”, afirmou Miguel Amaral. “Nossa empresa está há trinta anos no mercado. Temos 45 funcionários. Sou filho do dono e um dos diretores. Meu pai tem 63 anos e adoeceu com esta notícia. A família inteira está abalada. Nossa empresa é idônea e teve o nome jogado na lama”, reclamou o empresário, que afasta a possibilidade de algum funcionário ter desviado o documento.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 123 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal