Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

07/09/2012 - Jornal Cruzeiro do Sul Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha clona cartões bancários e aplica golpes

Por: Marcelo Roma

A polícia suspeita que o bando fez vítimas em Sorocaba e na região

Uma quadrilha de estelionatários está clonando cartões bancários e aplicando golpes. Três boletins de ocorrência com saques e transferências indevidas foram registrados ontem na delegacia do plantão policial sul, na avenida General Carneiro. Duas das vítimas são clientes do Banco do Brasil e uma da Caixa. A polícia investiga a quadrilha de estelionatários, que podem tem feito mais vítimas em Sorocaba e na região.

Os estelionatários aplicaram os golpes na terça e quarta-feira. Um engenheiro civil não reconheceu a compra de R$ 655 que apareceu em sua conta, como sendo feita a um vendedor ambulante na cidade de São Paulo. O mesmo aconteceu com um professor. O extrato de sua conta mostrou compra no valor de R$ 470 em uma loja de roupas esportivas de Guarulhos. A terceira vítima, uma dona de casa, procurou a polícia para denunciar o saque de R$ 224 de sua conta, feito em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Antes de irem à delegacia, as três vítimas foram aos bancos, que devem abrir processo interno de apuração.

Enganada no banco

Uma auxiliar de enfermagem também teve o cartão clonado, mas ficou lado a lado com o estelionatário dentro da agência Itaú da avenida General Carneiro, perto da Unidade Pré-Hospitalar da Zona Oeste, no dia 1º de setembro. A mulher tentou sacar dinheiro no caixa eletrônico e inseriu o cartão, que não foi devolvido. Um homem moreno claro e bem vestido ofereceu ajuda. Disse para ela ligar para a central de atendimento a fim de cancelar o cartão. Como a auxiliar de enfermagem não tinha celular, ele emprestou e passou para ela já chamando.

Uma mulher pediu para a auxiliar de enfermagem digitar o CPF e a senha do cartão, por duas vezes. Disse que os números não ficariam gravados no celular. A vítima fez o que mandou e ainda agradeceu o homem antes de sair da agência. A auxiliar de enfermagem voltou à agência no dia 3 e o gerente perguntou porque queria outro cartão. Ela contou o que aconteceu e verificaram que os vigaristas tinham transferido dinheiro da sua conta ou feito compras no valor de R$ 2.432. Outras pessoas caíram no mesmo tipo de golpe, de digitar a senha no celular emprestado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 137 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal