Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/08/2012 - Dinheiro Vivo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Clientes da CGD alvo de tentativa de fraude por email

Mensagem falsificada diz que cartão matriz expirou e envia link que alicia destinatários a fornecerem todos os números desse documento.

Os clientes da CGD estão a ser alvo de uma nova tentativa de fraude através de emails falsificados registados no domínio @mail.pt.

Hoje de madrugada, por volta das 3h40, e às 10h50, um falso remetente "CGD" enviou uma mensagem com o assunto "O seu cartão matriz expirou." O endereço em causa é [email protected]

"Para evitar o total bloqueio dos serviços prestados, solicitamos a atualização do cartão de segurança (Cartão Matriz)", ameaça o mesmo remetente, indicando em seguida um link fraudulento.

"Seja breve, caso contrario só poderá efetuar a atualização em nossos Balcões. Banco CGD ©2012", insiste.

Nos últimos quatro meses, a CGD detetou seis tentativas de phishing (fraude tentada através de emails). A última foi em agosto através de mensagens de correio eletrónico que repetiam esses avisos falsos de "expiração do cartão matriz". A 10 de agosto último, descreve a CGD, houve "tentativa de fraude usando emails falsificados que afeta clientes do Caixa e-Banking e Caixadirecta on-line."

"Sob o falso pretexto de ter expirado o cartão matriz, os destinatários destes e-mails são induzidos a aceder a links que remetem para páginas fraudulentas na Internet que visam a recolha de dados bancários e outra informação confidencial para uso fraudulento", acrescenta a Caixa.

Os serviços online da CGD nunca pedem a totalidade dos números do cartão matriz, nem enviam emails com domínio @mail.pt.

A CGD adverte que "o phishing é um tipo de ação fraudulenta que recorre ao uso de mensagens de e-mail que aparentam ter origem no banco, mas que efetivamente provêm de impostores. Tipicamente estes e-mails induzem o recetor a utilizar um link para uma página web onde é levado a introduzir ou confirmar informação sensível, como por exemplo, códigos de acesso a serviços de banca direta, cartões de crédito e débito, dados sobre contas bancárias, etc. Apesar destes websites terem uma aparência legítima (logos, páginas e navegação), efetivamente não o são."

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 98 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal