Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

29/08/2012 - TVI Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Apanhados com 30 cartões bancários contrafeitos

Os dois homens são suspeitos de pertencerem a uma rede internacional.

O Tribunal de Vila Real decretou prisão preventiva aos dois homens detidos pela Polícia Judiciária por suspeita de adquirirem bens com cartões bancários contrafeitos e de pertencerem a uma rede internacional.

António Torgano, inspetor chefe da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, afirmou aos jornalistas que os dois homens, estrangeiros de 25 e 26 anos, foram detidos pelo «crime de passagem de moeda falsa de concerto com falsificador».

«Os indivíduos estavam com uma quantidade tal de cartões contrafeitos e de identidades falsas que significa que têm proximidade com o contrafator dos próprios cartões», sustentou.

Na posse dos detidos estavam, segundo a PJ, 30 cartões bancários contrafeitos e várias identidades falsas, correspondentes a esses mesmos cartões. Os dados dos cartões correspondem a contas de entidades bancárias e cidadãos norte-americanos.

A polícia explicou que os cartões bancários serviram para a aquisição de diversos bens, designadamente vestuário, computadores e telemóveis.

O responsável referiu que a PJ acredita que os dois suspeitos fazem parte de um grupo maior, porque «têm que ter acesso à informação bancária e também à possibilidade de contrafazer os cartões, à medida que eles se vão extinguindo em termos de capacidade de aquisição».
«Estou a falar de uma rede espalhada por toda a Europa.

Estamos a falar de crime que é europeu ou até mundial e não um fenómeno português», disse à Lusa.

Em um ano, a Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real deteve seis pessoas por este tipo de crime.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 275 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal