Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/08/2012 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Site detecta fraude em certificado de incêndio

O serviço é on-line, e o usuário pode comparar dados apresentados nos documentos emitidos pela Corporação.

A partir de agora, um serviço on-line está sendo disponibilizado ao público pela Coordenadoria de Atividades Técnica (CAT) órgão do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE). O objetivo da iniciativa é verificar a autenticidade dos certificados, emitidos pelo setor, de aprovação de projeto e de conformidade, relacionados à análise de projetos contra incêndio e vistorias nas edificações em todo o Ceará.

O serviço funciona a partir do endereço eletrônico www.cb.ce.gov.br, no qual o usuário deve inserir o número do documento referente ao seu imóvel e o CNPJ/CPF. Então, deve comparar as informações. Caso haja divergência, significa que seu documento não pode não ser autêntico, podendo haver suspeição de fraude. Isso ocorrendo nenhum órgão público deverá aceitá-lo.

Em 2010, o sistema da CAT instituiu que todos os documentos emitidos pelo setor deveriam possuir um número de identificação exclusivo. Ficando definido que não poderão existir dois documentos com o mesmo número, fato que possibilitou este serviço on-line de consulta à base de dados da corporação.

Fraudes

O coordenador do CAT, coronel José William Solon de Paula, explicou que o serviço possibilita atestar a autenticidade ou não dos certificados emitidos pelo Corpo de Bombeiros. "Essa foi uma maneira encontrada para tentar bloquear a ação de pessoas inescrupulosas que falsificam documentos. Os casos de fraudes eram comuns, mas, agora, com esse serviço acreditamos que a fraude ficará mais difícil de acontecer. Como não existe possibilidade de o sistema aceitar duplicidade de número, isso contribuiu sobremaneira para a implantação desse tipo de serviço on-line", argumentou o coordenador do CAT.

O coronel José William Solon de Paula explicou que para regularizar uma edificação, hoje, com relação à segurança contra incêndio, existem duas etapas: a inicial é o projeto contra incêndio, em se tratando de edificações de grande porte. Quando é apresentado um projeto contra incêndio, esse é analisado e, uma vez aprovado, é emitido um certificado de aprovação de projeto. De posse do projeto, o usuário vai à Prefeitura e solicita um alvará de construção. Então, o prédio pode ser edificado.

Depois de pronto, será necessário que o Corpo de Bombeiros vá até o prédio com o objetivo de atestar se as instalações estão de acordo com o projeto aprovado. Essa atuação corresponde à segunda etapa, o certificado de conformidade.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 164 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal