Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

13/10/2007 - Diário Digital Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Corrupção: Mulheres resistem mais do que os homens


As mulheres resistem mais à corrupção do que os homens, revela um estudo efectuado em quatro países e divulgado sexta-feira no III Foro das Mulheres para a Economia e a Sociedade, na cidade francesa de Deauville.
O estudo assinala que 58 (italianos) a 67% (franceses) dos inquiridos consideram que, se mais mulheres ocupassem cargos de chefia, haveria menos corrupção, uma vez que o sexo feminino é mais díficil de corromper do que o masculino.

Ainda segundo o inquérito, entre 34% (italianos) e 67% cento (norte-americanos) defenderam que o dinheiro e o poder são, sobretudo, preocupações dos homens.

A sondagem foi realizada em Itália, França, Estados Unidos e Alemanha. A esmagadora maioria dos inquiridos considera o seu país corrupto.

Comentando as conclusões do estudo, a ministra francesa da Economia, das Finanças e do Emprego, Christine Lagarde, referiu que, «se houvesse mais mulheres em cargos de responsabilidade, haveria, talvez, um pouco mais de mulheres corruptas mas, sem dúvida, muito menos corrupção global».

O Foro de Deauville, que abriu quinta-feira com uma homenagem à opositora do regime militar birmanês e prémio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi, reuniu mais de mil personalidades, a maioria mulheres, dos campos económico, social, cultural e político de 70 países.

A iniciativa visa promover o papel das mulheres nos assuntos económicos e sociais e reforçar a sua influência no mundo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 362 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal