Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

16/08/2012 - 180 Graus Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Técnico de raio-x é preso por violação sexual mediante fraude

Ele pediu que menor se despisse para raio-x no tórax; exame era para ser feito na face.

Anderson Fabiano Cruz, de 33 anos, foi preso nesta quarta-feira (15) por violação sexual mediante fraude por policiais da 65ª DP (Magé). Ele é técnico de raio-x e trabalhava no Hospital Municipal de Magé, onde aconteceu o crime, cometido contra uma menor durante exame. Anderson pediu que a vítima tirasse a roupa para tirar raio-x do tórax, mas o pedido do exame pela médica era para a face, já que a menor estava com sinusite.

Segundo depoimento da mãe da vítima, a menina foi ao hospital para atendimento médico por estar com sinusite. Ao ser examinada por uma médica, foi pedido um raio-x da face da adolescente.
Durante o exame, Anderson elogiou a beleza da menina, alisando os cabelos da vítima e pedindo para que ela se despisse e colocasse um avental para o exame de raio-x de tórax causando estranhamento na adolescente. Mesmo constrangida, a menor se submeteu ao exame. O técnico foi acusado de cometer ato libidinoso, mediante a fraude de fazer um exame que não era necessário. Após a realização do exame, as radiografias foram entregues à médica, que estranhou a realização do raio-x de tórax. As informações são da Polícia Civil.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 124 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal