Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

07/08/2012 - IPC Digital Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prossegue com investigação de fraude envolvendo ajuda para aluguel de imóveis

Entre os suspeitos estão dois brasileiros.

A polícia de Shizuoka continua investigando um caso de fraude envolvendo subsídios públicos para aluguel de moradias. Entre os suspeitos, estão dois brasileiros. Marcelo Akio Higashi, de 41 anos, e Reny Kyoko Sato, de 28, estão detidos na polícia de Shizuoka. Junto com o japonês Kitoku Takimoto, de 75 anos, eles são investigados por aplicar um golpe no sistema de empréstimo de dinheiro que as prefeituras oferecem para aluguel de moradias.

“Eles aumentaram o valor da luva pra receber mais. Usaram o dinheiro para fins pessoais e depois fugiram, sem devolver”, explica Hiroyuki Ooikawa, do Departamento de Assuntos Internacionais da polícia de Shizuoka. O golpe foi aplicado em 2009, no auge da crise financeira. Marcelo e a prima, Reny, entraram com o pedido de empréstimo na prefeitura de Shimada, em Shizuoka.

Os dois receberam quase 400 mil ienes a mais do que deveriam. O depósito foi feito em uma conta bancária de um banco da cidade. Depois de devolver uma pequena parte, desaparecerem. Em junho deste ano, a polícia de Shizuoka localizou eles em Toyama Segundo Ooikawa, isso pode ser a ponta de um iceberg. Vários outros casos podem vir à tona. E lembra que a polícia vai reforçar as investigações.

Mitsuo Tanabe, da Associação de Bem-estar de Shizuoka, lamenta que o sistema criado para ajudar pessoas necessitadas tenha sido usado de má fé pelos brasileiros. Para ele, o fato de fugir depois de ganhar a ajuda acaba com a confiança no próprio sistema de subsídio. Nos últimos três anos, mais de 7 mil pessoas recorreram a esses empréstimos em todo o Japão. Entre eles, estrangeiros que perderam suas casas e empregos durante a crise financeira. E não são poucos os casos de empréstimos que ainda não foram devolvidos por desaparecimento do requerente.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 209 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal