Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/08/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

MP denuncia 22 por suposta fraude na Feira dos Importados de Brasília

Feirantes pagam por área de cooperativa, mas não são donos de espaço. Entidade informou que não vai se pronunciar até que seja notificada.

O Ministério Público do Distrito Federal denunciou 22 pessoas que fazem parte da direção da Cooperfim, cooperativa que administra a Feira dos Importados, no Setor de Indústria e Abastecimento. Eles são acusados de estelionato e formação de quadrilha. De acordo com o MP, feirantes pagam mensalmente pelo financiamento da área comprada pela Cooperfim, mas não são donos do espaço.

A Cooperfim informou que não vai se pronunciar até que seja notificada. Segundo o MPDF, o estatuto da cooperativa estabelece que os 48 terrenos onde a feira está instalada não podem ser divididos para os feirantes. A área foi vendida pela Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) à Cooperfim em 2008 por R$ 47 milhões, divididos em 120 parcelas.

Os feirantes pagam um boleto mensal referente ao financiamento dos terrenos e a gastos com energia, segurança e limpeza. O promotor Mauro Faria afirma que os cooperados estão sendo enganados, pois não vão receber a escritura da área que ocupam quando saírem da cooperativa.

“No estatuto da Cooperfim, elaborado posteriormente, verifica-se que não há nenhuma previsão estatutária que tais terrenos venham um dia a pertencer aos feirantes. Os terrenos são exclusivamente da cooperativa”, disse Faria.

O Ministério Público vai pedir o bloqueio dos imóveis, para que a cooperativa não venda os terrenos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 135 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal