Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

10/08/2012 - BV News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Detran descobre fraude no exame de legislação e cinco pessoas são detidas

A oferta era feita ao aluno pela Autoescola, que por sua vez já tinha uma ligação com o funcionário do Detran.

Após investigações feitas pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Polícia Civil, cinco pessoas foram detidas e encaminhados à Delegacia, na segunda-feira, 6. Os envolvidos na facilitação das provas de legislação são um estagiário, um servidor da Autarquia e três candidatos à Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A fraude era executada da seguinte forma. A oferta era feita ao aluno pela Autoescola, que por sua vez já tinha uma ligação com o funcionário do Detran. No momento da prova de legislação, o servidor ou até mesmo o estagiário, marcavam as respostas corretas para o candidato, que por sua vez era aprovado.

De acordo com o diretor-presidente do Detran, Jorge Everton, várias filmagens já haviam sido feitas em outras ocasiões. Ele disse que após denúncias de irregularidades, a Polícia Civil também já vinha trabalhando em cima do crime. “Não vamos permitir nenhuma facilidade ou irregularidade no Detran. Fiz questão de acompanhar as investigações de perto para mostrar transparência da gestão”, garantiu Jorge Everton, que citou o fato como um crime que coloca em risco a sociedade, já que pessoas incapacitadas acabam obtendo a habilitação.

Segundo o diretor de Controle de Condutores e Veículos, Santos Rosa, o Detran está cortando na própria carne afim de buscar um trânsito mais seguro. Ele citou a prática como irresponsável e alertou as pessoas que pagaram pela facilitação do exame teórico. “Isso é ilegal e imoral. Vamos fazer de tudo para manter a rigidez dos testes para que tenhamos condutores cada vez mais bem treinados nas ruas”, destacou.

Uma testemunha do caso informou que o valor negociado girava em torno de R$200 por prova e que em poucos minutos o aluno recebia a nota confirmando sua aprovação.

O Detran e a Polícia Civil querem saber agora se este esquema se resume apenas às aulas teóricas ou se estendia também às aulas práticas e se outros servidores faziam parte destas facilitações.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 249 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal