Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

10/08/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ligações clandestinas foram 37% das fraudes contra a Caesb em julho

Empresa identificou ainda alterações em hidrômetro e intervenção indevida. Caesb não soube informar prejuízo; houve 5 mil suspeitas de irregularidade.

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) notificou 440 residências por “gatos”, ligações diretas de água e esgoto, entre janeiro e julho deste ano. Segundo a empresa, os casos representam 36,75% das irregularidades constatadas – 1.127 no período. A entidade não soube informar o prejuízo causado.

Entre as outras fraudes identificadas, as mais comuns foram alterações no hidrômetro (327 ocorrências), fornecimento de água a vizinhos (110) e intervenção indevida no serviço (110). Ceilândia, Recanto das Emas e Itapoã lideraram o ranking de consumidores notificados.

Os casos foram identificados com base em análises no histórico de consumo dos clientes. A companhia informou que alterações injustificadas no consumo geram ordens de serviço para verificar a possibilidade de irregularidades. Foram 5.089 suspeitas até julho de 2012.

Punição

Responsáveis por fraudes estão sujeitos a multa ou pena de 1 a 4 anos de prisão. As irregularidades podem ser denunciadas por qualquer cidadão pela central de atendimento da Caesb, 115, ou pela ouvidoria do órgão, 3329-9090.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 127 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal