Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

08/08/2012 - Jornal Umuarama Ilustrado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

A ‘casa caiu’ para quadrilha de falsários que atuava na região


Umuarama - Após a identificação de documentos falsos remetidos para diversas cidades do interior do Paraná, uma força policial do Estado denominada ‘Operação Transformers’, sob o comando do delegado-chefe da 7ª Subdivisão Policial de Umuarama, Pedro Luiz Fontana Ribeiro, prendeu na madrugada de ontem uma quadrilha de falsários.
As investigações começaram há seis meses, quando surgiram os primeiros indícios do esquema ilícito baseado em Umuarama e com ramificações que iam de Maringá a Guaira. Foram presos os suspeitos Valdemir de Sá da Silva, o ‘Val’ ou ‘Crush’; Misael de Oliveira Mendes, 32 anos; Marlon Belotti Guerreiro, 37 anos; Antônio Alves dos Santos, o ‘Ceará’, 22 anos; Dione dos Reis, o ‘Bin Laden’, 36 anos; Lino José Pez, 39 anos; Agnaldo Burda de França, 37 anos; Edmar Franco da Silva, o ‘Dema’, ‘Cabeleireiro’, ou ‘Jaça’, 39 anos; Rodrigo Fernandes Olivares, o ‘Digão’, 27 anos; Rodrigo José dos Santos, Jair Aparecido dos Santos, o ‘Du’ ou ‘Indio’, 40 anos; José Donizete da Silva, 43 anos; Wanderlei Stela, o ‘Tiririca’, 46 anos; Adriano Carvalho Tavares, 29 anos; Jean Creslei Tiburcio, 31 anos; Osmar Henrique Bergamini, 49 anos; e Victor Fabiano Garcia, 35 anos. Dois suspeitos de integrarem a quadrilha estão foragidos.
Segundo a polícia, a quadrilha falsificava, principalmente, documentos de veículos, CNH (Carteira Nacional de Habilitação e RG (Carteira de Identidade). No período em que ocorreram as investigações foram detectados pelos policiais o envio de documentos falsos para os municípios de Maringa, Paiçandu, Cianorte, Tapejara, Umuarama, Ivaté, Perobal, Guaira e Campo Mourão, Medianeira, Palotina, Colorado, Curitiba entre outras. Entre os presos estão um empresário do ramo de ferro-velho de Umuarama, um despachante de Guaira, dois cabeleireiros, sete corretores de veículos e o proprietário de uma gráfica que fornecia papéis especiais usados na falsificação.
A polícia apurou que o esquema tinha por objetivo conseguir pessoas interessadas em comprar um documento falso. Para tanto, a quadrilha usava equipamentos de qualidade como impressoras, computadores, scanners e papel especial. Cada documento falso era vendido a um preço que variava entre R$ 500 e R$ 700. “As vítimas desse esquema criminoso era o Estado e a coletividade”, afirmou o delegado-chefe da 7ª SDP. Segundo Pedro Fontana Ribeiro, cada pessoa que procurava os serviços da quadrilha sabia muito bem o que estava comprando. “Nenhum comprador foi induzido ao erro ou foi enganado”, acrescentou.
A polícia diz que identificou Valdemir de Sá da Silva como o principal líder da quadrilha. Ele foi preso em sua casa, na Praça Anchieta, em Umuarama. Na Delegacia, seu advogado, Ico Mussurunga, assegurou que ele não é o chefe da quadrilha. “Farei de tudo para que seja aplicada a justiça. E caso ele venha a ser culpado espero que a Polícia Civil dê subsídios suficientes para uma eventual denúncia, na qual conste a comprovação de todos os fatos. A partir daí apresentaremos a defesa, seja pela absolvição ou diminuição de pena”.

VEÍCULOS APREENDIDOS

Junto com a quadrilha, a polícia apreendeu cinco veículos que estavam em poder dos falsários. Destes, três são recuperados: um Voyage e um Coorolla, que haviam sido roubados em Curitiba, e um Honda Fit, que tinha sido furtado em Londrina. Os veículos estavam em poder de um dos suspeitos detido em Tapejara.

NÚMEROS DA OPERAÇÃO
21 mandados expedidos:
- 18 de prisão
- 3 de busca e apreensão

8 cidades investigadas
- Umuarama
- Paiçandu
- Cianorte
- Tapejara
- Campo Mourão
- Ivaté
- Perobal
- Guaira

72 policiais que participaram
- 20 de Umuarama
- 52 das Subdivisões de Toledo, Foz do Iguaçu, Cascavel, Paranavaí, Londrina, Maringá e das delegacias de Cianorte e Guaira. Participaram também policiais da DPI, COPE e Denarc.

29 viaturas
- caracterizadas e
- descaracterizadas

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1050 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal