Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

23/07/2012 - Correio do Povo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Desarticulada quadrilha gaúcha que falsificava moedas

Por: Paulo Roberto Tavares e Celso Sgorla

Grupo foi preso em Caxias do Sul, na Serra.

Pouco mais de três semanas após a Brigada Militar de Sapiranga prender um homem e apreender falsificações de moedas de R$ 0,50, os policiais militares (PMs), dessa vez, de Caxias do Sul, na Serra gaúcha, desarticularam, sábado à tarde, uma quadrilha especializada na fabricação de moedas falsas de R$ 1,00 em Nova Pádua. Essa moeda é bimetálica, o que significa a necessidade da quadrilha possuir uma tecnologia pouco mais avançada para produzi-las do que as de valor inferior. Os policiais militares, que participaram da operação, disseram acreditar que a matéria-prima encontrada com os acusados seria suficiente para fabricar o equivalente a R$ 100 mil.

Quatro homens, com idades de 22, 34, 40 e 49 anos, suspeitos de envolvimento na fraude, foram presos em flagrante sob a acusação de estarem falsificando dinheiro. Dos integrantes do grupo, apenas o de 40 anos possuía antecedentes criminais, por envolvimento em jogos de azar.

O local onde as operações ocorriam, em um pavilhão situado no loteamento Baggio, já estava sendo monitorado pela BM há algum tempo. Segundo a Brigada Militar, havia a suspeita, devido à movimentação de veículos, de que algo ilícito estivesse sendo feito no local. Sábado, PMs ficaram de campana nas proximidades.

Por volta das 14h20min, dois automóveis chegaram ao pavilhão, despertando a atenção dos policiais. Os PMs aproveitaram a chegada dos veículos e foram fazer uma averiguação tanto nos carros como no pavilhão. No lugar, foi constatado que a construção era usada como uma fábrica para produzir moedas falsas.

Dentro do pavilhão, os policiais militares encontraram máquinas para cunhar dinheiro, matriz da moeda de R$ 1,00, duas prensas, 20 bobinas de aço, um compressor de ar, 22 falsificações já prontas para serem postas em circulação, além de 322 argolas douradas e 722 miolos prateados, além de artefatos para fabricação de moedas.

A falsificação de moedas é considerada pouco usual pela Polícia Federal. Via de regra, os criminosos preferem falsificar, ou seja, "produzir" cédulas, que é mais simples. O outro caso, envolvendo moedas, aconteceu em Sapiranga, em 27 de junho. Um metalúrgico de 23 anos foi detido em sua casa, onde foi encontrado um saco contendo as moedas de R$ 0,50. Ao todo, foram fabricadas 832 peças, que totalizavam R$ 416,00. Segundo informações do suspeito à Brigada Militar, ele as fazia por brincadeira e as levava para casa, sem intenção de passá-las na rua.

Para produzir a falsificação era usado um molde em um material maleável, onde era colocada a moeda verdadeira, deixando as marcas do dinheiro, de ambos os lados. Em seguida, a peça verdadeira era retirada, deixando um molde igual à moeda original e este era preenchido com aço derretido. A descoberta ocorreu porque um irmão mais novo do suspeito levou alguns exemplares para a escola, despertando a atenção da diretora. O peso e o brilho - fosco, diferente da original - da moeda levantaram as suspeitas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 185 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal