Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/10/2007 - Comunidade News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude e lavagem de dinheiro levam brasileiro para a Corte


O brasileiro Adriano Lott está sendo acusado de fraude e lavagem de dinheiro. Sua empresa, Landsite Contracting Corp., localizada no bairro Jamaica, Queens, em Nova York, estaria servindo de fachada para os negócios bilionários da Perini Corp., de Framingham, Massachusetts, que mantém contratos até no exterior. As outras empresas envolvidas são Peter Scalamandre and Sons e Sea Crest Construction, ambas de Freeport, e Seneca Contracting, de Valley Stream. O único acusado até agora é o brasileiro.

A acusação aconteceu na quinta-feira (27), na Corte Distrital de Central Islip, e foi feita pelos Procuradores Charles Kelly e Burton Ryan. Adriano foi acusado de lavagem de dinheiro, conspiração, fraude de correspondências e fraude em remessas de dinheiro.

De acordo com investigação da Divisão de Investigação Criminal do Fisco Americano, Adriano teria aceito milhões em suborno para utilizar a Landsite como fachada em trabalhos que eram, na verdade, realizados pela Perini Corp., Peter Scalamandre and Sons e Sea Crest Construction.

Como brasileiro, Adriano pode se beneficiar de um programa federal que dispõe até 15% de contratos para proprietários de pequenas empresas ou para proprietários deficientes. Nenhuma das três empresas envolvidas foi indiciada até agora.

A Perini Corp., porém, está sob investigação, sob suspeita de fraudar o benefício do mesmo programa federal a que Adriano tem direito. A empresa mantém contratos bilionários em Las Vegas, Iraque e Afeganistão.

Graves conseqüências

Segundo os documentos da Corte, o trabalho envolvia reparos na Woodcleft Avenue, em Freeport, e melhorias na West Side Highway, em Manhattan. A audiência de acusação formal de Adriano teria acontecido na terça-feira (2). O advogado do brasileiro, Michael Sirtoa, não quis comentar o caso, assim como o advogado da Perini, Ted Wells.

Uma eventual acusação à Perini afetaria diretamente as licenças que a empresa possui para os contratos com o governo, e também para a indústria de apostas de Las Vegas, onde a empresa construiu vários cassinos. Isto acarretaria em conseqüências devastadoras para companhia.

Fontes informaram que a companhia já retirou seu orçamento para o projeto multi-bilionário para a construção da planta do tratamento de água no Van Cortlandt Park no Bronx, no ano passado. Nesta época, tinham iniciado as investigações das pequenas empresas.

Os advogados da Scalamandre, Sea Crest e Seneca não foram encontrados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 395 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal