Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

12/07/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Federal prende quadrilha de Itajaí (SC) que fraudava INSS

60 policiais foram mobilizados para cumprir os mandados de prisão em SC. Quadrilha foi presa nesta quinta-feira (12) e é acusada de estelionato

Os 11 integrantes de uma quadrilha foram presos nesta quinta-feira (12) pela Polícia Federal de Itajaí, no litoral norte de Santa Catarina. Eles são acusados de estelionato por cometerem fraudes contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Uma mobilização de 60 policiais foi utilizada para cumprir os mandados de prisão nas cidades catarinenses de Balneário Camboriú, Camboriú, Itapema e Itajaí.

A quadrilha é acusada de utilizar nomes de segurados da previdência social para fazer empréstimos em instituições bancárias. A polícia ainda não sabe como os integrantes conseguiam a lista dos beneficiários do INSS, mas suspeita que pessoas de dentro da previdência tenham entregue as informações à quadrilha. Estima-se que o grupo movimentava pelo menos R$ 300 mil por mês com o golpe.

Na casa dos presos, a polícia apreendeu material usado para a falsificação de documentos, como espelhos de carteiras de motorista e de identidade, máquina plastificadora, impressora e um equipamento que ajuda a falsificar assinaturas. Também foram apreendidos dois carros e duas motos. A placa do automóvel do chefe da quadrilha chama a atenção: BCO 0171, uma alusão a banco e ao crime de estelionato.

A polícia ainda não sabe o nome do chefe da quadrilha, já que ele utilizava, pelo menos, três identidades. O infrator aplicava este tipo de golpe há vinte anos. A polícia decretou a prisão preventiva dele e de mais cinco sub-chefes, além da prisão temporária dos que colaboravam com a quadrilha.

A polícia ainda não descobriu se os espelhos dos documentos são falsos. Os investigados serão indiciados pelos crimes de estelionato, formação de quadrilha, uso de documento falso, ameaça e falsificação de documento público. O inquérito deve ficar pronto dentro de um mês.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 116 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal