Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

12/07/2012 - Olhar Direto Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dois homens acabam presos após sacarem R$ 10 mil com cartões de crédito clonados

Por: Alexandre Alves


A Polícia Civil de Guarantã do Norte (730 km de Cuiabá) prendeu dois homens em flagrante nesta quarta-feira (11), acusados de clonagem de cartões e de terem sacado mais de R$ 10 mil da conta de terceiros. Os suspeitos Romeu Bezerra dos Santos e José Augusto dos Santos foram autuados pelos crimes de estelionato e formação de quadrilha. As informações são da assessoria.

O trabalho de investigação foi iniciado pela Polícia Civil após queixas de saques indevidos realizados de contas bancárias. As vítimas relataram à polícia que os valores eram sacados através de uma agência do Banco Bradesco Express e que não tinham conhecimento dos fatos.

Durante as investigações, os policiais identificaram que os saques eram efetuados com uso de cartões clonados, aproximadamente cinco vezes por dia, nos valores de R$ 800.

Romeu e José foram surpreendidos pelos policiais civis dentro da agência, tentando sacar mais dinheiro. Com eles, a polícia encontrou mais de 20 cartões clonados.

Os presos confessaram que estavam hospedados em um hotel na cidade de Peixoto de Azevedo. No quarto, foi localizado o equipamento utilizado para a clonagem dos cartões, conhecido por “chupa cabra”.

Conforme o delegado Carlos Eduardo Muniz, outras duas pessoas envolvidas estão foragidas.

“A quadrilha é especializada em clonagem e a princípio toda aparelhagem eletrônica é originária do Estado de São Paulo”, disse o delegado, por meio da assessoria da PJC.

“Temos informações que os dois foragidos eram os responsáveis pela instalação do chupa cabra. Os presos Romeu e José realizavam os saques’”, completou.

José já tem passagem pela polícia pelo mesmo crime de estelionato. Após o flagrante, os dois foram conduzidos à Cadeia Pública de Peixoto de Azevedo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 161 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal