Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

11/07/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem é preso após aplicar golpes de estelionato em cinco cidades

Suspeito pedia dinheiro em igrejas e instituições de caridade. Homem praticava os crimes usando o mesmo método há mais de 20 anos.

Um homem de 54 anos foi preso dentro de uma agência bancária acusado de estelionato na tarde desta terça-feira (10) em Lavras (MG). De acordo com a Polícia Civil, ele aplicava golpes em igrejas, religiosos e instituições assistenciais.

A polícia já investigava o suspeito, que se passava por representante comercial e já aplicou golpes em outras cidades da região como Cambuí (MG), Extrema (MG), Varginha (MG) e Pouso Alegre (MG).

A prisão aconteceu dentro a agência bancária quando ele iria descontar um cheque de R$ 5 mil, que ele tinha conseguido em uma entidade assistencial da cidade. Nesta mesma entidade o homem já tinha pego, no dia anterior, R$ 3 mil em dinheiro. No momento da prisão foram encontrados R$ 2.080 em dinheiro.

Ainda de acordo com a polícia, para aplicar o golpe, o homem utiliza o mesmo argumento. Ele dizia que tanto ele como a esposa estavam com graves problemas de saúde e precisavam de dinheiro para o tratamento. Ele pedia sempre um valor alto e dizia que pagaria em dobro. Ele até apresentava cheques que depositaria para repor o 'empréstimo'.

Segundo a Polícia Civil de Pouso Alegre, o golpista conseguiu cerca de R$ 40 mil com um religioso da cidade no último mês de março. O estelionatário é natural de Bauru (SP). Ainda segundo a polícia, ele aplica golpes desde a década de 1980 e pelo menos 10 mandados de prisão já foram expedidos contra ele.

Ele tinha também quatro Cadastros de Pessoa Física (CPFs) em seu nome e usava um carro com adesivos de uma empresa falsa. Para a polícia, esta era uma maneira de despistar as investigações e fugir de possíveis abordagens policiais.

O filho do estelionatário, de 32 anos, também foi preso nesta terça-feira. Segundo a polícia, ele estava no carro esperando pelo pai.

Os dois foram levados para a delegacia da cidade e serão indiciados pelo crime de estelionato, que pode ter até cinco anos de prisão, com agravamento de pena, pois os golpes eram aplicados em instituições religiosas e de caridade.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 136 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal