Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

03/07/2012 - Diário da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude: Mabel é investigado pelo “golpe da creche”

STF vê indícios de participação do deputado goiano e inicia apurações do caso.

O Su­premo Tri­bunal Fe­deral (STF) de­cidiu in­ves­tigar o de­pu­tado fe­deral Sandro Mabel (PMDB) no caso do golpe da creche, es­quema de fraude na folha de pa­ga­mentos da Câ­mara dos De­pu­tados. O Mi­nis­tério Pú­blico e a Jus­tiça en­con­traram in­dí­cios de uma pos­sível atu­ação do então líder do PR nas fraudes, se­gundo de­núncia do site Con­gresso em Foco.

A fraude con­sistia em re­crutar fa­mí­lias ca­rentes no En­torno de Bra­sília como fun­ci­o­ná­rias do Le­gis­la­tivo pen­sando es­tarem se ins­cre­vendo para re­ceber be­ne­fício so­cial para seus fi­lhos. Ao se tor­narem ser­vi­doras, a qua­drilha for­java falsos au­xí­lios-creche e vale-trans­porte, sa­cava o di­nheiro e dava um valor de cerca de R$ 100 para cada cri­ança “ca­das­trada no pro­grama”. Parte do di­nheiro de uma conta cor­rente do es­quema pagou pes­soas li­gadas a Mabel, que também ajudou o chefe do grupo a com­prar um carro.

Con­fira tre­chos da re­por­tagem do Con­gresso em Foco: “De­pu­tado do PMDB é in­ves­ti­gado no STF por ‘haver in­dí­cios’ contra ele ‘da pos­sível par­ti­ci­pação’ no golpe da creche, es­quema de fraude à folha de pa­ga­mento, de­nun­ciado pelo Con­gresso em Foco, que lesou os co­fres da Câ­mara

O pro­cu­rador-geral Ro­berto Gurgel, que co­meçou a ana­lisar o inqué­rito, disse ao Con­gresso em Foco que pe­dirá ao Su­premo a re­a­li­zação de di­li­gên­cias para obter mais provas. Com esse ma­te­rial em mãos, ele de­ci­dirá se ofe­re­cerá de­núncia contra Mabel. Uma das la­cunas na pa­pe­lada é a falta de um laudo que com­pro­varia se são ver­da­deiras ou falsas as as­si­na­turas do de­pu­tado nas no­me­a­ções dos ser­vi­dores cujos sa­lá­rios foram sa­cados pela ‘qua­drilha da creche’.

Em uma das muitas va­ri­antes do golpe da creche, o inqué­rito 1914/11 da Po­lícia Fe­deral apurou a fraude no pa­ga­mento de vale-trans­porte para o pas­te­leiro Se­ve­rino Lou­renço dos Santos Neto por meio do ex-mo­to­rista de Mabel, Fran­cisco José Feijão de Araújo, co­nhe­cido por Franzé. Em pa­recer à 12ª Vara Fe­deral de Bra­sília, o pro­cu­rador da Re­pú­blica Bruno Ca­la­brich en­tendeu que o caso tinha po­ten­cial para en­volver um par­la­mentar, ou seja, pessoa que só pode ser in­ves­ti­gada pelo STF, ‘em razão de haver in­dí­cios da pos­sível par­ti­ci­pação’ de Mabel.

A juíza Pollyanna Kelly Alves con­cordou. ‘A in­ves­ti­gação al­cança au­to­ri­dade que os­tenta foro por prer­ro­ga­tiva de função, neste caso o de­pu­tado fe­deral Sandro Mabel’, es­creveu ela em sua de­cisão de 9 de fe­ve­reiro deste ano, ao mandar a pa­pe­lada para o Su­premo (ín­tegra). O caso chegou à Pro­cu­ra­doria Geral da Re­pú­blica em março.”

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 92 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal