Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

04/07/2012 - Bonde News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Liberdade de estelionatário dura poucas horas


A liberdade de Fabiano de Oliveira, 33 anos, durou somente pouco mais de 18 horas. Preso por estelionato por policiais do 1.º Distrito Policial de Curitiba na última quinta-feira (31), ele pagou fiança e foi solto no final da tarde de ontem (3). Hoje pela manhã, ao se preparar para tentar dar outro golpe contra uma instituição financeira, na Rua XV de Novembro, centro da capital, Oliveira foi reconhecido por policiais militares que o abordaram e descobriram que ele novamente portava documentos falsos. Os PMs o encaminharam de novo ao 1.º DP, onde ele foi autuado por uso de documento falso pelo delegado Alcimar de Almeida Garrett.

Segundo o delegado adjunto do 1.º DP, Vinícius José Borges Martins, Oliveira estava com documentos falsos e até comprovantes de residência em nome de Cicero Izael Pereira. "Ele estava com um panfleto de uma instituição financeira, provavelmente pretendia tentar um novo empréstimo se passando por um aposentado por invalidez", explicou o delegado.

Na última quinta-feira, Oliveira havia sido preso por policiais da 1.º DP quando tentava emprestar R$ 10 mil do Paraná Banco, também com documentos falsos. "Ele ficou até ontem preso, pagou fiança de R$ 4 mil e saiu por volta das 18h", lembrou Martins. O delegado contou que as investigações seguem, já que a companheira de Oliveira, uma mulher de cabelo comprido e preto de nome Silvana também está sendo procurada pela polícia.

Oliveira é natural do Estado de Santa Catarina, onde já havia sido preso, também por estelionato, outras duas vezes. " Numa das vezes ele ficou sete meses e na outra outros oito meses preso", contou Martins.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 192 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal