Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

13/06/2012 - Diário de Pernambuco / Agência Brasil Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Justiça manda soltar suposto lobista ligado a Carlinhos Cachoeira


Decisão da 5ª Vara Criminal de Brasília revogou hoje (13) a prisão de Dagmar Duarte, apontado como lobista do suposto esquema de corrupção do empresário goiano Carlinhos Cachoeira. Duarte foi preso na Operação Saint-Michel, que apurou fraudes na área de transporte público em Brasília. A operação foi conduzida pelas autoridades locais com provas colhidas pela Operação Monte Carlo, da Polícia Federal.

Dagmar Duarte responderá ao processo em liberdade, desde que se apresente mensalmente à Justiça, entregue o passaporte e não tenha contato com os réus do caso ou com pessoas citadas na denúncia. Ele pode voltar para a prisão caso não cumpra alguma dessas determinações.

Para conseguir a liberdade do cliente, a defesa de Duarte alegou que o réu é primário e tem endereço fixo. Além de acatar a argumentação, a juíza Ana Cláudia Barreto lembrou que, se condenado, a pena seria cumprida em regime aberto.

" [Duarte] não parece representar risco à instrução criminal, uma vez que a prova pretendida pelo órgão acusador é, basicamente, documental e já juntada aos autos", completou a juíza. O Ministério Público também opinou pela libertação de Duarte.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 116 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal