Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/10/2007 - Diário do Grande ABC Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dia das Crianças faz comércio eletrônico crescer 35%


As vendas pela internet devem crescer 35% por conta da movimentação do Dia das Crianças. Segundo levantamento da consultoria e-bit, as lojas virtuais devem registrar entre 28 de setembro e 12 de outubro um faturamento de aproximadamente R$ 264 milhões em comparação aos R$ 196 milhões atingidos em 2006.

A estimativa é de que o valor médio das compras seja de R$ 300, ou seja, 3% maior do que o registrado em 2006, quando a média era de R$ 293. “A data é a quarta mais importante para o comércio eletrônico brasileiro, atrás do Natal, Dia das Mães e Dia dos Pais. Por este motivo, os internautas devem redobrar a atenção ao realizarem uma compra, já que o período faz parte do calendário estratégico dos hackers, que aproveitam a euforia do e-consumidor para desviar a atenção dos indicadores básicos de segurança e efetuar a fraude”, alerta o especialista em segurança digital, Sérgio Leandro.

De acordo com a e-bit, os itens de informática, games e MP4 deverão ser os mais procurados para a data. “Para evitar as fraudes ao comprar produtos pela internet, escolha sites conhecidos, que garantam a segurança dos dados que estão sendo passados como número de documentos, dados bancários e senhas de cartões de crédito e débito. Cuidado com links que anunciem promoções inacreditáveis", afirma Leandro.


Confira algumas dicas para compras seguras na Internet:

- Não comprar de sites ou empresas desconhecidas. Empresas confiáveis têm CNPJ, endereço e telefone para interagir com seus clientes;

- Nunca seguir links enviados por e-mail. Ao receber uma oferta, abra o navegador de forma independente do e-mail e digite o site desejado;

- Ao comprar pela internet, jamais passe dados pessoais ou financeiros por e-mail. De novo, empresas confiáveis solicitam essas informações no próprio site, informando claramente os aspectos de segurança e condições comerciais;

- Checar se o "cadeado" apresentado pelo site realmente refere-se à identidade apresentada;

- Dados bancários ou de cartões de crédito só devem ser enviados se o comprador iniciou uma negociação. Empresas sérias nunca solicitam dados de confirmação e senhas. Essas são pessoais e intransferíveis.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 380 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal