Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

05/06/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Vestibulando da PUC-GO diz que não havia fiscais quando foi ao banheiro

Casal foi preso suspeito de fraudar o exame, na segunda-feira (4). Universidade garante que há um rigoroso acompanhamento de inspetores.

O vestibulando de medicina da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) Bruno de Almeida Castro Soares disse que foi ao banheiro sem o acompanhamento de fiscal na segunda-feira (4). “Quando fui ao banheiro não tinha fiscal, não tinha detector de metal. Então, ao meu ver, deixou um pouco a desejar em relação ao ano passado”, afirma.

O vestibulando afirma não ter ficado surpreso com a suposta fraude no vestibular de medicina na PUC-GO detetcada na segunda-feira, quando um casal foi preso suspeito de fazer a prova no lugar dos candidatos verdadeiros. Para Bruno, faltou maior segurança na realização das provas. O jovem participa do processo seletivo para o curso de medicina pelo segundo ano consecutivo. Ele estava na sala de número 202, no bloco A. De acordo com o jovem, também não houve a identificação da impressão digital.

Em nota, a PUC Goiás disse que a saída e o retorno dos candidatos às salas para uso de banheiro são rigorosamente acompanhados por fiscais.

A recomendação da polícia é de que a prova seja cancelada. O delegado que está cuidando do caso, Murilo Polati, acredita que outras pessoas possam estar envolvidas no esquema. “A Polícia Civil vai tentar colher os demais dados possíveis para que a gente possa chegar a quem são essas pessoas que estão captando. Estão agenciando candidatos para procederem essas fraudes em vestibulares de medicina”, destaca Polati.

A PUC-GO ainda não divulgou quais as medidas que universidade vai adotar diante da tentativa de fraude. De acordo com a assessoria de comunicação da instituição, a assessoria jurídica da PUC Goiás está acompanhando o caso e aguarda mais informações para tomar as medidas cabíveis. Enquanto essas informações não forem recebidas, apenas as provas dos dois vestibulandos flagrados em tentativa de fraude serão canceladas. Neste processo seletivo, a instituição oferece 4.315 vagas em 46 cursos, entre bacharelados, licenciaturas e tecnológicos. Para medicina, 3.800 alunos concorreram a 40 vagas.

Documentos falsos

Um casal foi preso na manhã de segunda-feira, no Campus V da PUC-GO, no Jardim Goiás, em Goiânia, durante provas do vestibular de meio de ano da instituição. Segundo a Polícia Civil, eles apresentaram documentos falsos e realizaram a prova para o curso de medicina no lugar dos verdadeiros candidatos.

Segundo a polícia, a mulher detida tem 29 anos e o homem, 19 anos. Eles foram descobertos por peritos da Polícia Técnico-Científica. No início da prova, policiais que faziam o trabalho de identificação desconfiaram que os documentos apresentados por eles eram falsos. Eles fizeram a prova e foram abordados ao sair da sala.

De acordo com a polícia, a mulher que foi detida já tem passagem pela polícia no Rio de Janeiro por falsificação de documentos e formação de quadrilha. O jovem de 19 anos seria estudante do primeiro período de medicina em uma faculdade de Minas Gerais. A dupla deve ser autuada por estelionato, falsificação ideológica e uso de documentos.

Segundo a polícia, a mulher receberia uma quantia de R$ 8 mil para realizar o exame. Já o rapaz não quis informar quanto ganharia. Os dois seriam agenciados por uma mesma pessoa, suspeita de chefiar uma quadrilha especializada em fraudar provas de concursos públicos e vestibular em todo o país.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 394 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal