Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/04/2006 - Jornal A Cidade Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falsificadores de documentos são presos após comprarem moto

Por: Jucimara de Pauda


Policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) prenderam ontem dois homens acusados de aplicar golpes na cidade com documentos falsos. Em poder dos estelionatários foi apreendida uma motocicleta zero avaliada em R$ 7,5 mil e que havia sido retirada da loja há dois dias. Faltava apenas o emplacamento e o pagamento das parcelas.
Para comprar a moto os ladrões utilizaram o RG de uma outra pessoa. Eles trocaram a foto e plastificaram novamente o documento. A Polícia Civil ainda não localizou o dono do documento.
Documentos falsos - Os agentes da DIG investigam a atuação da dupla há alguns dias e ontem chegaram até a casa de Romério Lima dos Santos, que mora no bairro Ipiranga.
Ele se identificou aos policiais como sendo Giovane Pedro da Silva e mostrou o RG para provar que estava falando a verdade.
“A falsificação não era muito aparente, mas percebemos que o documento era irregular. Era um documento adquirido através de fraude”, afirma o delegado Luciano Henrique Cintra, da DIG.
Com a identidade falsa Romério conseguiu tirar outros documentos e fez o financiamento da moto.
O veículo estava guardado na casa do comparsa dele, Agnaldo Lima dos Santos, vigilante, que mora no bairro Orestes Lopes de Camargo.
“Acreditamos que eles furtaram o documento para utilizá-lo em meios ilícitos. Esta é uma modalidade criminosa que vem crescendo na cidade”, comenta Cintra.
Cabeça do grupo - Para os investigadores os dois rapazes que vieram da Bahia há três meses foram aliciados por outra pessoa para praticarem este tipo de crime.
“Deve ter alguém maior por trás deles. Estamos investigando para descobrir quem é”, diz o delegado.
Cintra aconselha as pessoas a prestarem mais atenção aos documentos e em caso de perda ou roubo fazer imediatamente o Boletim de Ocorrência. “É uma maneira de se prevenir contra golpes como estes.”
Os dois homens foram autuados por uso de documento falso e estelionato. Foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória de Ribeirão Preto. A pena para este tipo de crime varia de um a cinco anos de prisão.

Polícia diz que prática é comum

Segundo a Polícia Civil é comum os estelionatários procurarem agências bancárias e lojas usando documentos e comprovante de residência falsos.
Após serem analisados pelo banco ou pela loja eles pedem empréstimo e compram o que podem e em seguida desaparecem.
As lojas e o banco só descobrem que foram ludibriados quando vão cobrar a dívida e percebem que o endereço e as referências fornecidos são falsas.
A Polícia aconselha estabelecimentos comerciais e agências bancárias a verificarem detalhadamente o endereço fornecido pelo cliente e o CPF na Receita Federal.
Os falsificadores conseguem documentos de pessoas idôneas através do furto ou perda de carteiras.
Eles também podem ludibriar as vítimas por meio de anúncios de empréstimos sem burocracia. Geralmente eles estão em outros estados e se passam por funcionários de agências bancárias e induzem as vítimas a encaminharem via fax, cópias de documentos pessoais para abertura de cadastro.
A vítima não consegue o empréstimo e ainda fornece os documentos para serem utilizados para atividades criminosas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 516 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal