Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

31/05/2012 - JB Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Brasileiro está 'anestesiado' diante da corrupção, diz promotor


Os sucessivos escândalos de corrupção envolvendo políticos e empresários no país fizeram com que o brasileiro ficasse "anestesiado" e "perdesse a capacidade de indignação". A avaliação é do promotor de Justiça de São Paulo Roberto Livianu, vice-presidente do Movimento do Ministério Público Democrático (MPD), entidade não-governamental que reúne promotores e procuradores e que lança nesta semana uma campanha de comunicação com o objetivo tentar "chacoalhar" a sociedade.

"Infelizmente, o Brasil virou uma referência quando se fala em escândalos de corrupção. E, por isso, parece que as pessoas vivem anestesiadas. O que nós queremos é que os brasileiros não percam a capacidade de se indignar, por isso a campanha traz vídeos fortes que mostram a capacidade de devastação da corrupção, porque ela está acabando com o país", avalia o promotor.

Apesar de a apresentação da campanha, marcada para esta quinta-feira, concidir com um momento em que o Congresso realiza uma CPI para investigar a ligação de políticos com o suposto bicheiro Carlinhos Cachoeira, o promotor esclarece que a ideia da iniciativa é combater a "cultura da corrução" enraigada no famoso "jeitinho brasileiro".

Não por acaso, uma das peças publicitária trará um número de telefone para quem está interessado em receber propina, mas, ao telefonar, a pessoa receberá um "esculacho" do narrador do outro lado da linha. Além disso, o MPD lançará um hotsite com o contato dos responsáveis, dentro dos Ministérios Públicos de todas as unidades federativas brasileiras, por receber e apurar denúncias de corrupção em órgãos públicos e empresas privadas.

"Fala-se muito de corrupção de agentes públicos, mas se esquece da figura do corruptor. Corrupção não é só lavagem de dinheiro, é o sujeito que paga propina para o garçom para furar a fila de um restaurante, por exemplo. A ideia é tentar chacoalhar as pessoas para essa cultura de levar vantagem em tudo", diz Livianu.

As peças da campanha Não Aceito Corrupção foram desenvolvida pela agência Flag e produzidas pela O2 Filmes, e serão veiculadas por um mês em todo o país. Foram produzidos materiais para TV, rádio, mídia impressa e internet, além de mídia aeroportuária e filmes para veiculação em cinemas. A campanha com o apoio de Terra, e de parceiros como a Jukebox, Rede Globo e o Grupo Folha, entre outros.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 104 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal