Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

31/05/2012 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Federal investiga documentos de habilitação falsos no Maranhão

Somente este ano, nove carteiras de habilitação falsas foram apreendidas. Um dos motoristas confessou ter pago R$ 800 pela falsificação.

Nove carteiras de habilitação falsas foram apreendidas nas estradas federais do Maranhão este ano. No início do mês, um homem foi flagrado pela PRF com a carteira nacional de habilitação (CNH) falsa e confessou ter pago 800 reais pelo documento.

"É falsidade documental e uso de documento falso. A partir do momento que a pessoa apresenta à polícia ou à algum agente da administração pública, ela está praticando o crime de uso de documento falso", explicou o delegado da Polícia Federal, Alexandre Lucena.

Um documento público tem vários itens de segurança, sendo cinco os principais: impressao das imagens em auto-relevo, marca d'agua no fundo, linhas multidirecionais e, talvez o mais difícil, a palavra 'original', gravada de modo que só dá para ver sob um ângulo especial de um feixe de luz.

A PRF tem identificado as falsificações graças a um sistema online. Em um dos documentos apreendidos, o papel é verdadeiro, os dados inseridos são reais, a pessoa também existe, mas o número do registro é falso. "É muito grave. O que a gente observou foi um processo de falsificação no qual a pessoa utilizou um formulário autêntico, que foi gerado por um órgão que tem competência para fazer gerá-lo", comentou o perito da Polícia Federal, Hmenon Carvalho.

Em um dos exemplos, um certificado de licenciamento de veículo aparentemente é verdadeiro. Na ampliação, porém, os peritos encontraram a fraude - a sigla do estado de origem, GO, foi rasurada e substituída pela sigla do CE. Os papéis em branco foram furtados do Departamento de Trânsito goiano, mas os dados inseridos também eram reais.

Agora, a PF investiga se há fraudes no Detran maranhense. "Quando o documento é ideologicamente falso, ou foi liberado por alguém da administração pública responsável, ou foi furtado ou roubado da administração pública por algum particular", cogitou o delegado.

O Detran informou que determinou a abertura de uma sindicância depois da prisão do condutor com carteira falsa, e que está à disposição para contribuir com as investigações da Polícia Federal.

Flagrante

Um táxi foi apreendido nesta quinta-feira (31), depois de passar por uma fiscalização da PRF, no posto de Pedrinhas, na capital. A polícia descobriu que o documento do carrro era falso. O motorista do veículo acabou preso e levado para a Delegacia de Roubos e Furtos de São Luís.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 120 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal