Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

29/05/2012 - JC Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Lesados por golpe em academia ainda não procuraram Delegacia do Consumidor


Um dia após clientes descobrirem que Academia Power, localizada no bairro do Espinheiro, havia sido esvaziada às escondidas durante o fim de semana, nenhuma queixa ainda foi registrada na Delegacia do Consumidor. De acordo com o delegado Roberto Wanderley, as investigações apontam para um estelionato decorrente de uma relação de consumo. Assim, os que foram lesados podem recorrer tanto à delegacia do Consumidor como à delegacia de Repressão ao Estelionato.

A advogada Sabrina Alcântara, da Associação de Defesa da Cidadania e do Consumidor (Adeccon), concorda que o caso deve ser analisado sobre o viés de dois crimes: estelionato - que é a obtenção de vantagem ilícita em prejuízo de outros - e um crime de consumo, já que foi estabelecido a partir da relação dos proprietários da academia com seus clientes. A advogada acredita que também pode ser aberto um processo cível: "As pessoas podem pedir indenizações pelo transtorno material e moral que envolve o caso".

Na Delegacia de Repressão ao Estelionato, uma pessoa apareceu nesta terça (29) para prestar queixa sobre o caso, mas o plantonista Derval acredita que poucas leverão o caso adiante por se tratar de uma perca de baixa quantia. Não foi informado o número de registros feitos na segunda (28).

De acordo com o Código Penal, a pena para o crime de estelionato é a reclusão de um a cinco anos. Já sobre o crime contra o consumidor, o delegado Roberto Wanderley informa que a pena pode chegar até oito anos. Nos próximos dias, o delegado pretende entrar em contato com a delegacia de Repressão ao Estelionato para que os documentos envolvendo o caso possam ser concentrados.

As vítimas do golpe na Academia na Zona Norte podem procurar qualquer uma das duas delegacias individualmente ou em grupo. A advogada Sabrina Alcântara aconselha que as pessoas se organizem porque, em grupo, podem requerer a atuação do Ministério Público.

Serviço

Delegacia de Polícia de Repressão ao Estelionato - localizada no Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (DEPATRI) - Avenida São Miguel, 268, Afogados, Recife

Delegacia de Polícia de Crimes Contra o Consumidor (CECON) - Avenida Conde da Boa Vista, 1410, Boa Vista, Recife.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 473 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal