Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

29/05/2012 - Portal Terra / AFP Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude Madoff: mais dinheiro para o liquidador que para as vítimas


O liquidador encarregado de recuperar fundos para as vítimas do fraudador Bernard Madoff até o momento ganhou mais dinheiro nos três anos e meio que se seguiram à quebra do ex-administrador de fundos do que foi distribuído aos prejudicados.

Segundo o relatório publicado no site do liquidador, o Irving Picard (madoff.com), a liquidação do fundo de investimento de Bernard Madoff, que cumpre uma pena de 150 anos de prisão, custou até o momento cerca de 554 milhões de dólares.

Esta soma compreende os honorários do próprio liquidador (5,1 milhões de dólares), mas principalmente os gastos dos advogados que trabalham no caso, que se elevam a cerca de 300 milhões de dólares, os gastos dos consultores especiais (cerca de 220 milhões de dólares) e banqueiros especializados em investimentos (1 milhão de dólares).

Além disso, o dinheiro teoricamente recuperado por Picard e suas equipes de assessores atinge 9,1 bilhões de dólares, mas a maior parte desse montante ainda não está disponível, porque são alvo de processos que questionam a validade do sistema de distribuição escolhido.

No total, apenas 329,6 milhões de dólares foram distribuídos até agora, apesar de a fraude de Bernard Madoff, a maior do mercado de ações já feita, ter atingido de 17,3 bilhões a 65 bilhões de dólares, levando em conta somente o capital investido ou também os juros.

"A 850 dólares a hora, Picard e seu escritório Baker & Hostetler parecem mais príncipes do pleno emprego para os advogados do que heróis estilo Robin Hood", disse nesta terça-feira o jornal The New York Times.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 150 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal