Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

23/05/2012 - Diário do Pará Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Trio vai preso acusado de estelionato


Policiais da Divisão de Investigações e Operações Especiais (DIOE) capturaram trio de supostos estelionatários que agiam na capital. Dois dos acusados, Bento da Silva Filho (56 anos) e Anilcimar Batista do Carmo (50) foram flagrados na tarde da última segunda-feira (21), em frente à empresa MG Credi, de empréstimo consignado na rua Frei Gil Vilanova esquina com a Manoel Barata no bairro da Campina, em Belém, utilizando documentos falsos.

Eles já haviam sendo investigados pelos policiais por cerca de três meses quando o flagrante foi feito. O negociador da empresa desconfiou a tentativa repetida por três vezes por Bento, para conseguir empréstimo no valor de R$ 10 mil em nome de uma vítima.

“Eles haviam aplicando o golpe por diversas vezes em outras vítimas. Eles aplicavam para adquirir, abertura de crediário e outros créditos, como para a compra de eletroeletrônicos, além de outros meios fraudulentos eram praticados por eles”, informou Rogério Morais, delegado da Delegacia de Ordem Administrativa, na DIOE.

Com eles foram apreendidos, um carro modelo Honda Civic, dois documentos falsificados usados para adquirir o empréstimo e um aparelho de som apreendido na casa de Diogo Gomes Ribeiro (40), no bairro Águas Lindas, em Ananindeua, o terceiro do trio apontado como outro envolvido no crime. Na maioria das identidades falsificadas, como no caso do flagrante, era trocada apenas pela foto de Bento.

GOLPE

Uma das vítimas do trio, o pai de um delegado de polícia do município de Igarapé Miri, interior do Pará, Silvio Garcia, teve o nome envolvido em várias dívidas feitas pelos acusados. “Em dezembro do ano passado, eles compraram 4 aparelhos celulares, uma TV de última geração e a última foi uma moto no valor de R$ 7 mil. As dívidas chegaram perto de um prejuízo de R$10 mil. Eles tentaram ainda forjar em contas de água e luz”, disse o delegado, filho da vítima.

“O meu pai não foi roubado, nem havia perdido os documentos. Não faço a mínima ideia de como eles conseguiram os documentos. Quando começou a chegar às contas, eu desconfiei e bloqueei os documentos. A partir daí começou as investigações”, completou o filho da vítima.

A moto comprada em nome de Silvio Garcia foi a isca para chegar até o último do trio, Diogo Gomes Ribeiro (40), que já havia sido quitada, selada e até vendida sem documentos, apenas com nota fiscal há quatro meses atrás, mas o veículo não foi encontrado com a pessoa apontada por Diogo que teria comprado a moto, que segundo ele, pelo valor de R$1.800. Além disso, a captura dos acusados se deu pela terceira tentativa do empréstimo na MG, onde os negociadores desconfiaram pelo fato dos documentos da vítima estarem bloqueados e denunciaram para a Polícia Civil.

DEPOIMENTOS

Na delegacia, os acusados afirmaram o envolvimento no crime. “Eu apenas recebia os documentos de outra pessoa e entregava prontos com alteração para o Bento” disse Anilcimar. “Foi a primeira vez que eu me envolvi nisso e deu todo esse problema” afirmou Diogo em relação ao envolvimento da moto. “Já consegui empréstimo outras vezes. Mas dessa vez, estava um pouco difícil, até que eles descobriram”, declarou Bento.

O delegado afirma que as investigações irão continuar na busca de outros envolvidos, de como eles conseguiam os documentos, pela moto que eles teriam comprado em nome de Silvio e venderam, e na identificação do carro apreendido com eles. Não cabendo fiança, eles ficarão a disposição da justiça e serão encaminhados para o sistema penal.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 497 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: VITOR - 27/05/2012 23:54

Ou seja estes raias miúdas vão pro xilindró, os que roubam milhões continuam por aí...



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal