Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/10/2007 - Brasília em Tempo Real Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Bispos da Renascer têm 130 milhões de reais


A condenação nos Estados Unidos está longe de ser o último capítulo do prontuário que Estevam e Sonia Hernandes, líderes da igreja Renascer em Cristo, vão ter de apresentar no Dia do Juízo Final. No momento, a dupla cumpre pena de prisão em Miami por tentar ingressar no país com 56.000 dólares não declarados. Mas as investigações sobre o casal continuam. Na semana passada, o Ministério Público de São Paulo recebeu do Departamento de Justiça americano a informação de que, entre 2001 e 2006, 2 milhões de dólares saíram do Brasil para uma conta bancária de Estevam e Sonia no Wachovia Bank, em Boca Raton, na Flórida. VEJA teve acesso a uma planilha com a movimentação da conta número 1090012849446. Em determinados meses, o montante de depósitos chegou a 147.000 dólares. A promotoria já sabe que as remessas eram feitas por empresas ligadas à Renascer ou por doleiros que utilizavam diferentes contas. Nenhuma dessas operações, segundo o MP, foi comunicada ao Banco Central. "Esse mecanismo, usado para evitar o rastreamento, é um indício de lavagem de dinheiro", diz o promotor Marcelo Mendroni.
O Ministério Público também desconfia que essa seja só uma amostra do dinheiro movimentado pelo casal. Um levantamento feito pelos promotores revela que o patrimônio da "bispa" Sonia e do "apóstolo" Estevam é de 130 milhões de reais (veja quadro). O cálculo se baseia nos valores de apartamentos, fazendas, um haras, uma mansão em Miami, uma frota de quinze carros e depósitos em outras contas bancárias. É dinheiro bastante para colocar os Hernandes vários cifrões acima do mais rico e mais conhecido fiel da Renascer, o jogador Kaká. Craque do Milan e o atleta mais bem pago da liga italiana de futebol, Kaká tem um patrimônio estimado em 50 milhões de reais. A diferença é que as jogadas do casal da Renascer acontecem em outro campo – o da sonegação e da fraude. Recentemente, a Secretaria da Fazenda de São Paulo descobriu que Sonia e Estevam devem 6,5 milhões de reais ao Fisco (a Renascer diz que o débito é de 4 milhões). A dívida se refere a multas por irregularidades encontradas em um emaranhado de empresas-fantasma da família Hernandes.

Nos Estados Unidos, Sonia e Estevam foram condenados a 140 dias de cadeia. No momento, só Estevam está em cana. Depois que ele for solto, sua mulher, hoje em prisão domiciliar, deverá cumprir pena idêntica. Isso porque a Justiça americana entendeu que, por terem um filho menor de idade, os dois deveriam alternar-se nos cuidados com a criança. Apesar da condenação, Sonia continua pregando em um templo em Miami (tem permissão da polícia). Os cultos são transmitidos para uma igreja de São Paulo. De acordo com o Ministério Público, existe a possibilidade de os Estados Unidos deportarem o casal ao fim do cumprimento da pena. Se isso acontecer, a dupla deve ir para trás das grades assim que chegar ao Brasil. Desde 2006, vigora uma ordem de prisão preventiva contra os Hernandes, por estelionato e lavagem de dinheiro.


PATRIMÔNIO NAS ALTURAS

As investigações do Ministério Público de São Paulo revelam a movimentação financeira do casal Hernandes, seus gastos e suas dívidas

• 130 milhões de reais é o patrimônio estimado de Sonia e Estevam Hernandes, que inclui uma casa na Flórida e fazendas no interior de São Paulo

• 2 milhões de dólares circularam por uma única conta do casal, em um banco nos Estados Unidos, entre 2001 e 2006

• O gasto mensal da família no Brasil, entre 2003 e 2006, foi de 600000 reais

• A dívida das empresas ligadas à Igreja Renascer com o Fisco estadual já chega a 6,5 milhões de reais

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 362 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal